Kars

From JoJo's Bizarre Encyclopedia - JoJo Wiki
Jump to navigation Jump to search

O personagem apresentado nesse artigo é às vezes referido como "Cars".
Vocês não querem dominar o Sol?! Estar em ascensão sobre toda a vida?! Purgar seus medos e reinar para sempre como deuses!? (太陽を克服したいと思わないのかッ!何者をも支配したいと思わないのかッ!あらゆる恐怖をなくしたいと思わないのかッ!Taiyō o kokufuku shitai to omowanai no ka! Nanimono o mo shihai shitai to omowa nai no ka! Arayuru kyōfu o nakushitai to omowanai no ka!)
—Kars para outros Homens do Pilar, Episódio 26: O Homem que Tornou-se um Deus

Kars (カーズ Kāzu) é o antagonista principal da segunda parte de JoJo's Bizarre Adventure, Battle Tendency, e o segundo antagonista principal da série.

Kars é o líder dos Homens do Pilar, e o criador da Máscara de Pedra. Seu objetivo é evoluir o suficiente para se tornar imune aos raios solares, e então ele busca a Pedra Vermelha de Aja para empoderar suas máscaras, batalhando contra os usuários de Hamon para obtê-la.

Como o criador das máscaras de pedra e dos vampiros, Kars é um dos personagens com mais influência na obra, sua invenção tendo grandes repercussões para muitos personagens importantes, como Dio Brando, a família Joestar e a família Zeppeli.

Aparência

Kars é um homem alto de porte extremamente musculoso com um longo, escuro e ondulado cabelo que ele mantem escondido sob um capuz escuro e apertado (o removendo como um sinal de honra ou agressividade). Três pequenos chifres pontudos saem de sua cabeça e ele veste uma pequena tiara com uma joia alojada nela. Quando criando Kars e seus companheiros, Araki foi inspirado pelas estátuas romanas, esfinges egípcias e estátuas japonês de nio para pôr ênfase em sua beleza como figuras divinas.[4]

Ele é do contrário minimamente vestido, vestindo botas altas, braceletes, e uma tanga fluente. Quando atacando, ele libera longas laminas cintilantes de suas pernas e antebraços.

Na Suíça, Kars veste uma fedora e um sobretudo para chamar menos atenção em público.

Esquemas de Cores

A obra é conhecida por sua mudança de cores entre as mídias, a informação apresentada abaixo pode ou não ser cânon.

Pele(Clara)
Cabelo(Roxo e rosa)
Olhos(Violetas)
Primeira Roupa
(Roupa roxa, braceletes e botas roxo-claras, acessórios dourados com joias ciano e magentas)
Segunda Roupa
(Chapéu e sobretudo azul-escuro, camisa e cachecol roxo, calças roxo escuras, botões e joelheiras magentas, cintos dourados)

Pele(Clara)
Cabelo(Roxos)
Olhos(Vermelhos, delineado azul)
Primeira Roupa
(Roupa roxa, braceletes, botas e joelheiras cinzas, tanga azul, acessórios dourados)
Segunda Roupa
(Chapéu, sobretudo e calças pretos com bordas cinza-escuras capuz cinza-escuro)

Pele(Clara)
Cabelo(Roxo-claros)
Olhos(Sea Green)
Roupa
(Roupas, braceletes e botas azul-escuras e roxas, acessórios dourados com joias vermelhas e verdes)

Pele(Clara)
Cabelo(Roxo-escuros)
Olhos(Carmesins)
Roupa
(Roupas azul-cinzentas, braceletes cinzas, botas pretas e roxas, e acessórios dourados)

Personalidade

Eu não tenho um espírito romântico, nem desejo me tornar um guerreiro como o Wamuu... porque o método não é importante. Tudo que importante... é chegar à vitória final!
—Kars

Kars é inteligente, inescrupuloso, e rígido com sua dedição para obter a Pedra Vermelha de Aja. Ele foi dito ser um gênio entre os homens do pilar, tendo sido o criador original da máscara de pedra.

Inicialmente, ele parece ser o mais quieto e sério dos homens do pilar, raramente sorrindo e muitas vezes lembrando Wamuu e Esidisi de seu objetivo.[5] Obsecado com obter a Pedra Vermelha de Aja, ele é disposto a passar por cima de qualquer um em seu caminho, não importa o quão desonrável o método. No seu pior, ele quebrou sua promessa sobre lutar pela Pedra de forma justa, trapaceando para derrotar Lisa Lisa e então lançando seus capangas vampiros para matar um enfraquecido Joseph e revelou ter executado crianças, antecipando suas vinganças.[6]

Kars reconhece a vitória temporária de JoJo e vai embora

Com a vantagem de sua resiliência e imortalidade, Kars é um indivíduo metódico e paciente que pode se infiltrar na sociedade humana (usando suas roupas) ou observar um quarto para acertar todos seus ocupantes em um golpe só.[7] Sua primeira batalha contra Joseph demonstra um grande bocado de implacabilidade para obter a Pedra já que o homem do pilar responde todos os truques de Joseph calmamente com os seus próprios.[8] Não afetado por obstáculos tais como quando ele pacificamente aceita que Joseph roubou a Pedra de baixo de seu nariz,[9] ele irá persistentemente se esforçar para vencer mesmo na situação mais desesperadora. Apenas quando ele se encontra no espaço, incapaz de se mover apesar de várias tentativas repetidas, e se afastando da Terra ele acaba perdendo sua compostura e esperança.[10] De qualquer jeito, sua obsessão pela Pedra de Aja é uma fraqueza fácil de se tirar proveito já que Kars prefere não tomar chances de perdê-la. E então ela foi usada como um escudo e meio de manipulação por seus inimigos com facilidade.[9][11]

Quando sua sede por sangue é atiçada, Kars muitas vezes lambe sua lamina ou lábios

Apesar de seu exterior sério e rígido, Kars possui uma natureza assassina e sadistíca. Ele já alegou que a vida sem um inimigo é entendiante[5] e já mostrou ocasionalmente gostar de batalhas. Enretanto, ele apenas realmente aprecia ver seus inimigos em uma posição de fraqueza e pânico, se deleitando da expressão e gritos de desespero de Joseph quando ele se tornou m ser supremo,[12] e muitas vezes lambe seus lábios em antecipação de suas mortes. Kars também age de forma debochadamente educada, oferecendo veneno a Lisa Lisa para que ela morra por sua própria vontade em vez de lutar contra ele.[13] Essas tendências se tornam mais claras quando ele alcança sua forma suprema, e ele é mostrado gostar de seu status como o organismo mais poderoso da Terra.[14]

Enfurecido pois seu povo não compartilha sua ambição

Kars se revela como um homem do pilar sedento por poder, fixado em controlar o potencial completo de seu corpo e a ideia de ficar "no topo".[6] Quando ele descobriu que os cérebros dos homens do pilar haviam um potencial não alcançado, assim como os dos humanos, Kars desejou controlá-lo. Essa obsessão o fez construir as máscaras de pedra para desbloquear suas habilidades secretas; quando isso falhou em cumprir suas espectativas, ele buscou a Pedra Vermelha de Aja para completar sua transformação em um ser supremo. Ele ficou enraivado quando o resto de sua tribo recusou "conquistar o sol" como ele desejava, acreditando que eles deveriam usar seu poder natural ao limite e reinar sobre todas as outras criaturas; entretanto, ele ignorou ou falhou em considerar o fato de que a fome aumentada causada pelo poder da máscara faria com que sua raça exterminasse toda a vida da Terra.[15]

Kars se desculpa a Wamuu por ter pisado em sua sombra

Kars tem um relacionamento ambiguoso com aqueles à sua volta. De um lado, ele considerou Santana nada além de um cão de guarda,[7] e assassinou o resto de sua raça (incluindo seus pais) sem hesitação ou remorso.[15] De outro lado, ele expressa um carinho profundo por Esidisi e Wamuu,[16] repetidamente jurando alcançar seus objetivos e matar Joseph Joestar para honrar e vingar seus sacríficios para se certificar de seu sucesso.[7][14] Kars também parece ter um certo respeito pela natureza e os animais; ele fez com que um motorista bêbado que quase acertou um filhote sofresse um acidente de carro e morresse,[17] e ele deliberadamente complicou um do contrário simples aterrissamento em uma flor.[9] Entretanto, ele mais tarde ataca um esquilo quando testando suas habilidades como um ser supremo,[14] e é dito ter ameaçado um ecosistema inteiro com suas máscaras de pedra. No final, Kars é capaz de afeto e criar laços com outras pessoas, mas esse afeto sempre vem em segundo lugar quando comparado aos seus objetivos.

Kars não gosta de máquinas, desdenhando a tecnologia ciborgue que Rudol von Stroheim demonstra e a considerando inferior.[7] Além disso, ele considera seus soldados vampiros nada além de capangas, não ligando se eles são atacados ou mortos, e é disposto a executá-los ele mesmo caso eles o irritem.[6]

Habilidades

Veja também: Homem do Pilar
Modo de Luz(光の流法(モード) Hikari no Mōdo)Link to this section
Kars blade.gif
O poder de Kars é o da luz; ele é capaz de produzir membros laminados de seus braços e pernas para refletir uma luz cegante em direção de seus inimigos. A luz vem das pequenas garras parecidas com dentes de tubarão em volta da ponta da lamina assim como uma moto-serra. É desses reflexos que as garras dão as Laminas de Luz (輝彩滑刀 Kisai Kattō, lit. "Lamina Deslizante de Cor Brilhante") de Kars sua intensidade brilhante. Nesse modo, as laminas de Kars são afiadas o suficiente para cortar pela maioria dos objetos, incluindo um carro e várias balas em alta velocidade.
Manipulação CorporalLink para essa seção
Como os outros Homens do Pilar, Kars possui as mesmas capacidades de manipulação corporal compartilhadas por seus companheiros.

Como o Ser Supremo

Ser Supremo(究極生命体(アルティメット・シイング) Arutimetto Shingu lit. Coisa Suprema)Link para essa seção
Kars Ultimate Form.jpg
Em sua forma de ser supremo, Kars adquire várias habilidades e poderes:
  • Inteligência Sobrehumana: Kars é um indivíduo extremamente inteligente e perspicaz, até mesmo pelos padrões de sua espécie. Ele foi o criador da máscara de pedra, estudando os cérebros dos Homens do Pilar para desbloquear seu potencial secreto. Em batalha, Kars é metódico e observante, capaz de analisar o plano do inimigo de acordo com sua perspicácia e inescrupulosidade. Kars já dominou seus poderes de deus rapidamente, usando o poder da fauna terrestre e até suas propriedades mais obscuras para sua vantagem. Com cada obstáculo, Kars consegue rapidamente encontrar uma solução ou maneira de tirar proveito e reverter a situação.
  • Sentidos Sobrehumanos: Kars pode sentir o calor e a pressão do ar em volta dele ao criar antenas. Sua visão é parecida com a de um telescópio astronômico, e ele é capaz de ouvir qualquer coisa de chamadas de baleia à gritos de morcegos.
  • Força Sobrehumana: A força de Kars é de 900 kg/cm2.
  • Regeneração: Kars pode curar qualquer ferida em uma curta duração de tempo.
  • Imortalidade: Kars é invencível, imortal, e quase indestrutível. Ele não envelhece, é auto-sustentado, e é descrito como mais belo que uma escultura grega.
  • Manipulação Corporal: Como o ser supremo, o corpo de Kars contem o DNA de todo organismo que já viveu na Terra. Ele pode manipular seu corpo inteiro em um nível celular para ganhar as características de qualquer ser vivo, como as asas de um pássaro que ele usa para voar. Ele pode até desmembrar partes de si mesmo e transformá-las em organismos separados que agem independente dele, como quando ele transformou sua mão em um esquilo comedor de carne ou transformando suas penas em projéteis de escama de tatu que se transformam em piranhas e tentáculos de polvo para destruir o avião de Joseph.
    • Evolução Reativa: Kars também pode alterar seu corpo para resistir a condições extremas, como visto quando ele evoluiu uma camada contínua de material poroso inorgânico para sobreviver ser submergido em magma.
Hamon(波紋 Hamon)Link para essa seção
Estreia: Chapter 112: The Man Who Became a God / Episódio 26: O Homem que Tornou-se um Deus
Kars ripple.gif
Em sua forma suprema, Kars é capaz de usar o Hamon, mas em um nível que é cem vezes mais forte que o de Joseph. De acordo com Stroheim, o Hamon de Kars é comparável a intensidade do próprio Sol,[15] e em contato pode literalmente derreter e vaporizar a carne humana.

Relacionamentos

Aliados

  • Esidisi: Kars parecia se importar com seu camarada, sendo o único homem do pilar de sua geração a concordar com seus ideais. Ele confiou nele para investigar uma pista da Pedra Vermelha de Aja sozinho, e imediatamente foi ele mesmo à Suíça quando percebeu que algo devia ter acontecido com Esidisi. Ao descobrir que Joseph havia morto Esidisi para que ele não conseguisse a Pedra, Kars jurou matá-lo após completar seu objetivo primário - e de fato, essa foi a primeira coisa que ele fez depois de testar suas habilidades de ser supremo para atacar Joseph.
  • Wamuu: Junto de Santana, Kars o criou com Esidisi. Enquanto Kars respeitava a habilidae de Wamuu como um gênio em batalhas, ele não demonstrou respeito por sua honra e pensou que ele fosse puro de mais para ser um guerreiro. De qualquer forma, ele parecia se importar com Wamuu até certo ponto, já que ele imediatamente matou um grupo de seus capangas por zombar de Wamuu após a morte do mesmo e jurou vingar a sua morte assim como a de Esidisi matando Joseph.
  • Santana: Junto de Esidisi, Kars o criou com Esidisi. Em comparação a Wamuu, entretanto, Kars viu Santana apenas como um cão de guarda e o deixou para trás quando ele não pôde mais se igualar a eles.

Inimigos

  • Joseph Joestar: Como o homem que criou as máscaras de pedra, Kars é essencialmente responsável pela transformação de Dio Brando e a morte de Jonathan Joestar. Kars era inicialmente apenas um dos homens do pilar que a serem derrotados no ponto de vista de Joseph. Igualmente, no ponto de vista de Kars, Joseph era um mero usuário de Stand a ser derrotado. Kars se irritava com a tendência de Joseph de usar táticas imprevisíveis até que ele trapaceasse em seu duelo contra Lisa Lisa, desonrando o orgulho de seus camaradas no processo. Joseph então veio a odiá-lo intensamente por seus métodos sujos e quando ele se tornou o ser supremo, Joseph fez grandes esforços para derrotá-lo, incluindo tentando lançá-lo para dentro de um vulcão ao custo de sua própria vida. Kars respondeu ao cortar o braço esquerdo de Joseph e sua luta acabou com Joseph não-intencionalmente lançando Kars ao espaço, mas não antes de tirar sarro dele pela última vez.
  • Caesar Anthonio Zeppeli: Como o homem que criou as máscaras de pedra, Kars é essencialmente responsável pelas mortes de seu pai, avô e bisavô. Porém, sem conhecimento disso, nos olhos de Caesar, Kars era apenas um dos homens do pilar a serem derrotados.

Capítulos / Episódios

Book Icon.png Aparições no Mangá
Capítulos em ordem de aparição
TV Icon.png Aparições no Anime
Episódios em ordem de aparição

Frases

Quote.png Frases
  • Nossa... será que os humanos desevoluíram durante nosso sono?
    —Kars sobre Joseph, Chapter 68: Ultimate Warriors from Ancient Times, Part 4
  • Tolo... somos imortais, é solitário sem um inimigo. A vida apenas tem valor com um oponente. Eu entendo seus sentimentos, mas nosso primeiro objetivo é ganhar o poder da Pedra Vermelha de Aja. Não esqueçam disso vocês dois!
    —Kars repreendendo Wamuu e Esidisi por terem poupado Joseph, Chapter 70: An Engagement with Death: The Wedding Ring
  • A Pedra Vermelha de Aja! Eu esperei quatro, não, cinco milênios por isso, e agora ela está diante de mim!
    —Kars, Chapter 86: Light Mode Kars, Part 1
  • Parece que eu, Kars, sou o único restante... mas apenas um pode estar no topo!
    —Kars, Chapter 104: The Warrior Returns to the Wind
  • Heh! Uma luta um contra um... ridículo! Meu único objetivo é a Pedra Vermelha! Se tornar o ser supremo! Eu não tenho espírito romântico, nem desejo me tornar um guerreiro como Wamuu, porque o método não é importante, tudo que conta é chegar à vitória!
  • Tudo que importa é que eu alcance a Pedra Vermelha. Mexa seus peões um de cada vez no tabuleiro, fazendo com que eles reduzam os riscos minimamente! Chance não tem nada haver com isso! Isso é uma "batalha verdadeira"!!
  • Hehehehe HAHAHAHAHA! O ser supremo! Ele é aquele que junta todo o poder... do mundo dos vivos, todas as vidas... E essa beleza! Que lindo! Eu nunca vi algo tão maravilhoso quanto isso! Finalmente!! O sol... Finalmente, eu conquistei o sol!!
  • Seus tolos! Vocês não desejam conquistar o sol?! Vocês não desejam dominar a criação!? Vocês não desejam não temer nada!?
    —Kars para sua antiga tribo, Chapter 112: The Man Who Became a God

Quote.png Frases
  • Humanos são seres vivos com possibilidades. Você pode fazer quase qualquer coisa se você simplesmente melhorar seus cérebros um pouco.
    —Kars, JORGE JOESTAR Chapter 12: Rhinoceros Beetle
  • Heh heh heh. Humanos são uma espécie fascinante. Eles parecem estar constantemente querendo se tornar algo novo, mas eles resistem a mudanças verdadeiras. Eles muito provavelmente simplesmente gostam de imaginar coisas. Isso é o que eu mais gosto da raça humana. Eles são os únicos que imaginam, que criam. Que fazem histórias. Quando eu estava vivendo no subterrâneo eu juntei as histórias que os humanos haviam escrito, e as li. Humanos são as únicas espécies que gostam das coisas que acontecem a outros de seu tipo. Inicialmente eu não havia ideia de como eles estavam gostando. Nossos cérebros não haviam nenhum conceito de investimento emocional, de se pôr no lugar do próximo. Não foi fácil fazer isso. Minha raça estava completa do jeito que era, e eles estavam satisfeitos com isso. E como resultado, lhes faltava ambição, não faziam nenhum tipo de progresso, e viviam uma vida de estagnação. Mas há uma diferença entre ser realmente suficiente e simplesmente não saber que algo é insuficiente. Eu vim a entender que nós não eramos perfeitos. Eu apenas não havia notado que nós não eramos. Nos faltava até mesmo a habilidade de perceber esse fato porque nós nunca nos comparamos a qualquer outra coisa. Porque nós não esperavamos nada de outra coisa, e aproveitamos o que já haviamos. Mas eu notei. Ler as escrituras de humanos e aprender a gostar delas enviou novos impulsos elétricos por minha mente. Eu sabia que quando nós nunca paramos para pensar sobre nosso próprio potencial. Nós eramos certos de que nossa espécie era o ápice de todas as coisas, e então nós paramos de progredir. Essa foi a primeira vez em que eu me senti insatisfeito. Essa foi a primeira vez em que eu me questionei. Isso rapidamente levou a frustação, a raiva. E essa frustação e raiva me agradou. Foi o que você chamaria de um momento eureca. Eu estava furioso comigo mesmo, e isso foi motivo de celebração. Isso foi uma prova de que eu, também, havia potencial.
    —Kars, JORGE JOESTAR Chapter 12: Rhinoceros Beetle
  • Nós somos a coisa suprema, não há discórdia entre nós
    —Kars, JORGE JOESTAR Chapter 12: Rhinoceros Beetle
  • Meros momentos atrás eu desejava aproveitar a chance para me matar! Mas eu entendi! Porque eu corri pelo lado traseiro de Marte por tanto tempo! E porque, apesar dos sentimentos sufocantes crescendo de dentro, eu estou igualmente enchido de felicidade! Minha carne pode não ser capaz de morrer, mas minha vida é tão frágil quanto ela uma vez foi, e pode ser acabada tão facilmente! Você, que é um outro 'eu'! Você não é especial! Você partilha da mesma tristeza que eu sinto! Mas isso é um tesouro! Alegre-se, 'Kars'! Você, também, pode sofrer!"
    —Kars, JORGE JOESTAR Chapter 16: Beyond II
  • Eu não tenho o hábito de nomear comida.
    —Kars, JORGE JOESTAR Chapter 16: Beyond II

Curiosidades

Referências

Navegação do Site

Other languages: