Enrico Pucci

From JoJo's Bizarre Encyclopedia - JoJo Wiki
Jump to navigation Jump to search

ALERTA DE SPOILERS: Spoilers da Parte 6 podem estar presentes abaixo.
Em nome de Deus, eu te destruirei! (神の御命(みめい)においてしりそけるKami no mimei ni oite shiri so keru!)
—Enrico Pucci, SO Chapter 158: What a Wonderful World

Enrico Pucci (エンリコ・プッチ Enriko Putchi) é o antagonista principal da sexta parte de JoJo's Bizarre Adventure, Stone Ocean, e o quinto antagonista principal da obra.

Um seguidor leal e amigo de DIO, Pucci deseja implementar um plano formulado por DIO há muito tempo para alcançar o céu. Trabalhando como um chapelão na Prisão Green Dolphin Street, ele secretamente incrimina Jolyne Cujoh e a usa como isca para atrair Jotaro Kujo e suas memórias do Diário de DIO.

Pucci é um usuário de Stand e manipula a mente e alma através de seu Stand, Whitesnake.

Aparência

Pucci é um homem de pele escura de altura média à acima da média e um porte magro à atlético

Pucci possui um cabelo branco curto com linhas raspadas formando dois hexágonos alongados de cabelo entre seu couro cabeludo e os cantos de sua testa, cada um juntos à sobrancelha correspondente com uma mecha de cabelo em ziguezague. Em representações iniciais, o outro lado desses hexágonos é junto ao resto do cabelo com outra mecha de cabelo em ziguezague e linhas raspadas formando um triangulo atrás de cada orelha de forma uma massa maior de cabelo formava um sinal de adição grande atrás de sua cabeça. Em representações posteriores as linhas raspadas de cada hexágono são juntas e vão até a base de sua cabeça formando uma linha bifurcada. Ele tem costeletas finas, espalhadas até as pontas do meio de sua mandíbula.

Em representações iniciais, seus íris possuíam uma estrela em formato de sinal de adição que foi mudado para um disco incompleto de cor sólida, faltando uma seção circular ou no lado direito ou esquerdo.

Pucci veste uma batina preta e justa. Uma cruz dourada é estampada por cima, do peito até a ponta, com duas cruzes duplas nos pulsos de suas mangas. A toga é acompanhada por um par de calças e mocassins. Mais tarde ele é visto com um cinto sobre a batina.

Pucci da Lua Nova

Depois de se fundir com o Bebê Verde, a aparência de Pucci toma algumas mudanças superficiais.

Mechas de seu cabelo se juntam às suas sobrancelhas, formando uma estrela de cinco pontas na sua testa e sua costeleta direita se junta à ela. Seu cabelo muda de estilo com três linhas raspadas indo do canto esquerdo de sua testa até a base de sua cabeça. Ele cresce rabos de cavalo ou dreads, que passam pelos buracos da sua gola.

Uma marca de nascença em formato de estrela aparece em seu ombro.[8]

Em representações inicias, como o Bebê Verde, suas sobrancelhas crescem em espinhos e sua pele possui linhas sobre ela e ele troca seu cinto anterior por um duplo cinto muito maior, e seus pulsos agora possuem pulseiras douradas. Ele tem cinco rabos de cavalo, sua costeleta tem quatro linhas indo até suas sobrancelhas com uma indo até a sobrancelha esquerda e as linhas raspadas seguindo até o topo de seu couro cabeludo.

Em representações posteriores ele possui apenas três rabos de cavalo, 3 linhas juntando sua costela à sua sobrancelha direita e as linhas raspadas seguindo até o canto esquerdo de sua testa

Esquema de Cores

A obra é conhecida por sua mudança de cores entre as mídias, a informação apresentada abaixo pode ou não ser cânon.

Pele(Marrom)
Cabelo(Prateado)
Olhos(Preto)
Vestimenta
(Batina roxa com pedras vermelhas na gola e uma cruz dourada na frente, com um cinto azul com acessórios dourados, e sapatos pretos.)

Pele(Marrom-clara)
Cabelo(Branco)
Olhos(Preto)
Vestimenta
(Batina roxa com decorações douradas na gola e uma cruz dourada na frente, com um cinto dourado, e sapatos olivas.)

Pele(Marrom-clara)
Cabelo(Branco)
Olhos(Pretos)
Vestimentas
(Batinas roxas com decorações douradas na gola e uma cruz dourada na frente, com sapatos pretos.)

Personalidade

2...3...5...7...11...13...17...19.... Acalme-se... Conte os números primos para manter sua compostura... números primos são números solitários que podem ser divididos apenas pelo número 1 e por si mesmos... eles me dão força...
—Pucci contando números primos para se acalmar, SO Chapter 49: Torrential Downpour Warning, Part 2

O padre Enrico Pucci é um fanático investido em uma noção herética da vontade de Deus e no plano de DIO.

Pucci destruído pela culpa da morte de Perla

Como um adolescente, Enrico Pucci era um rapaz de bom coração, que tentava seu melhor para poder seguir sua fé como um futuro padre. Desde cedo, Pucci já estava interessado no Destino como ele se sentia curioso sobre porque ele viveu enquanto seu irmão gêmeo Domenico Pucci morreu. Essas interrogações foram o que fez ele querer se tornar um padre e buscar respostas.[9] Quando uma trágica série de eventos levou ao suícidio de sua amada irmã Perla, Pucci caiu em desespero e foi ver DIO, com quem ele havia se encontrado anteriormente.[10]

Pucci ama DIO como um deus

Enrico Pucci então se tornou um fiel radical após seus encontros com DIO, cuja crença principal era que humanos eram indefesos contra as muitas forças do Universo. Dentre essas forças, a vontade de Deus e o Destino - do qual Pucci chama de Gravidade - foram os mais falados sobre pelo Pucci. A história de Pucci, repleta de coincidências quase impossíveis, reviravoltas do destino e a morte de Perla cuja responsabilidade não podia ser botada em uma pessoa, em particular, foram as causas prováveis dessa crença.[10] Propenso à bater papo, um efeito persistente de suas muitas discussões com DIO, Pucci muitas vezes fala sobre curiosidades aleatórias para reforçar seu ponto: observando a Miraschon tentando roubar uma cruz dourada, Pucci explicou como Miraschon não conseguiria escapar sua natureza;[11] similarmente, Pucci explicou para a Jolyne como uma certa espécie de andorinhas morreram jovens porque elas não perceberam seus limites, e usou isso como uma metáfora para a linhagem Joestar.[12] Misturando essa crença com o plano de DIO para atingir o Céu, Pucci procurou fazer com que todos humanos soubessem de seus caminhos destinados através do poder do Made in Heaven, e dar-los a resolução para aceitar seus destinos, chamando-a de verdadeira felicidade. Essencialmente, Pucci desejou que todos humanos percebessem que eles não poderiam lutar contra o Destino e fizessem paz com seu cargo como subordinados do Destino.[13]

Pucci esmaga a cabeça de Miraschon contra uma mesa

Em sua jornada para atingir o Céu, Pucci usou muitos metódos imorais incluindo assassinato, manipulação, e suborno. Pucci foi particularmente caloso em relação à vidas humanas, considerando que ele tudo que ele fazia era pelo bem maior e que esses sacríficios eram necessários. O plano de DIO notavelmente incluiu o sacríficio de 36 vidas humanas, e Pucci buscou matar qualquer um que ficasse em seu caminho, até Emporio Alniño, uma criança indefesa, ou usou seus capangas que ele recrutava com promessas de favores como o padre capelão da Green Dolphin Street. Táticas baixas não são incomuns para ele: Pucci favorece impor escolhas cruéis para seus inimigos, por exemplo jogando o disco de memória do Jotaro em um Anasui à beira da morte,[14] e perguntando para a Jolyne se ela queria pará-lo ou salvar Jotaro, como o disco desapareceria caso Anasui morresse e seu pai também como resultado, mais tarde Pucci daria opções parecidas para o Jotaro em sua batalha final.[15]

Geralmente, Pucci é uma pessoa bastante imoral, não tendo escrúpulos em ser violento (em sua primeira aparição esmagando a cabeça de Miraschon contra a ponta de uma mesa depois de descobrir que ela estava tentando roubar)[16] ou colaborar com múltiplos criminosos, vendo-os como ferramentas para avançar seus planos. Como um fanático, Pucci nem gosta nem odeia os numerosos atos criminosos que ele comete, focando em seu plano acima de tudo. Como DIO planejou, seu amigo Pucci não possui nenhum interesse em prazeres mundanos como dinheiro ou sexo, e suas únicas motivações são sua amizade com DIO e sua crença,[17] embora durante seu primeiro encontro, DIO notou um mal florescente no padre que estava lendo um livro sobre um sacerdote cometendo adultério e abandonando seu cargo para se tornar um artista.[10] Em seu objetivo para ater os planos de DIO, ele sacrificou Johngalli A., o último de seus aliados originais e abandonou o filho de DIO, Donatello. Seu irmão gêmeo Wes disse para ele que obteve sua memória de volta, e que Pucci era o pior tipo de mal: o mal que não sabe sua própria natureza.[18]

Pucci conta os números primos para relaxar

Um padre bastante reservado, Pucci se tornou mais e mais exaltado quando o plano se aproximava da sua conclusão, tendo ocasionais explosões de entusiasmo e celebrando a concepção do Bebê Verde. Antes de adquirir o Made in Heaven, Pucci era uma pessoa ansiosa que costumava recitar os números primos,[19] que o acalmava devida a sua indivisibilidade. Após tê-lo desbloqueado, entretanto, Pucci se tornou supremamente confiante em si mesmo, e começou a expressar suas emoções livremente, exasperado com a persistência de Jolyne em ainda resisti-lo e furiosamente gritou seu nome.[20]

Interessantemente, o primeiro Stand de Pucci Whitesnake possui sua própria personalidade da qual pode ser descrita como desdenhosa e perversa. Whitesnake vocaliza as emoções internas de Pucci mais livremente que seu usuário, notavelmente sua fúria.

Pucci aprecia o Messias, um oratorio do compositor inglês Frederic Handel, e é visto carregando o disco da música consigo mesmo.

Habilidades

Stand

Whitesnake

Artigo principal: Whitesnake

Whitesnake é o Stand inicial de Pucci, com qual ele é capaz de roubar até dois discos de indivíduos. Um disco contem o Stand do alvo enquanto o outro disco contem as memórias do alvo. Whitesnake também pode produzir um ácido que lentamente dissolve seus inimigos os bota em um estado parecido com um sonho.

Whitesnake (ホワイトスネイク)Link para essa seção
WhitesnakeAv.png
Habilidade
Criação de Discos & Ilusões
PDR
?
VEL
D
ALC
?
PER
A
PRC
?
DES
?

O Stand de Pucci evolui na forma de outros dois Stands durante o curso de Stone Ocean.

C-Moon

Artigo principal: C-Moon

Pucci desenvolve o C-Moon com as instruções do Diário de DIO e com o Osso de DIO, que manipula a gravidade. Ele pode criar um campo gravitacional envolta do Pucci, e seus socos viram coisas do avesso, essencialmente destruindo-as no processo.

C-Moon (シー・ムーン)Link para essa seção
C-MoonAv.png
Habilidade
Mudança Gravitacional
PDR
VEL
B
ALC
B
PER
?
PRC
?
DES
?

Made in Heaven

Artigo principal: Made in Heaven

Pucci finalmente desenlvove o Made in Heaven com as mais instruções do diário de DIO, que é capaz de acelerar o tempo ao manipular a gravidade do universo. Diferente de C-Moon, o efeito não é limitado por alcance e afeta o todo o universo.

Made in Heaven (メイド・イン・ヘブン)Link para essa seção
MadeinHeavenAv.png
PDR
B
VEL
ALC
C
PER
A
PRC
C
DES
A

Habilidades Pessoais

Pucci é capaz de amarrar a raiz de uma cereja em um nó com sua língua.

Relacionamentos

Aliados

  • DIO: O encontro de DIO com Pucci é presumidamente um dos mais proeminentes exemplos de humanidade demonstrados por ele, tendo curado o pé de Pucci quando se conheceram pela primeira vez. Através do tempo que ele passa com o Pucci, DIO começa a confiar nele o suficiente para permitir que Pucci herdasse controle de seu plano. Em certo ponto, DIO forçou a mão de Pucci em sua cabeça e quase teve seu disco de Stand removido para testar a lealde de Pucci por ele.
  • Johngalli A.: Pucci havia se aliado com Johngalli A. para matar Jotaro e sua filha para vingar o DIO. Apesar de sua aliança, Pucci mais tarde o traiu e matou-o.
  • Ungalo: Ungalo é um dos quatro filhos ilegítimas conhecidas que DIO teve durante os eventos antecessores à Stardust Crusaders. Ungalo é um antagonista menor em Stone Ocean e quando ele fatidicamente encontra o Pucci ele desperta o Stand Bohemian Rhapsody que faz com que personagens ficticios venham à vida. Antes de conhecer o Pucci, Ungalo era um viciado em drogas. Quando ele encontra Pucci no hospital ele o segura como refém. Ele então apunhala Pucci na garganta antes de ser levado embora por um boneco palito perto de um sinal de Não Ande Aqui
  • Rikiel: Rikiel é uma das quatro crianças ilegítimas que DIO teve durante os eventos antecessores à Stardust Crusaders. Rikiel é um antagonista menor em Stone Ocean e quando ele fatidicamente encontra Pucci ele desperta seu Stand Sky High que o permite controlar uma colônia de criptídeos. Antes de conhecer o Pucci, Rikiel não havia nenhuma confiança em suas habilidades e era aflito por algum tipo de doença, mas quando Pucci despertou seu Stand ele foi libertado da sua aflição e encontrou autoconfiança em si mesmo.
  • Donatello Versus: Donatello é uma das quatro crianças ilegítimas que DIO teve durante os eventos antecessores à Stardust Crusaders. Donatello é um antagonista menor em Stone Ocean e quando ele fatidicamente encontra com o Pucci e desperta seu Stand Underworld. Donatello conheceu Pucci no hospital após um assalto que deu errado e o deixou severamente ferido. Após tomar conhecimento de seu Stand, ele então tenta eliminar Jolyne Cujoh e Ermes Costello, o levando à trair Pucci ao roubar o disco de memória do Weather Report.

Inimigos

  • Jotaro Kujo: Pucci manteve um rancor contra Jotaro por matar DIO. Entretanto, Jotaro não sabia da existência de Pucci até o final de Stone Ocean. Pucci teve sua vingança ao roubar os discos de memória e Stand do Jotaro deixando que seu corpo lentamente morresse e obtendo suas memórias do diário de DIO. Entretanto, Jotaro sabia que ele era um usuário perigoso de Stand e então tomou precauções contra ele. No final, Pucci matou Jotaro.
  • Jolyne Cujoh: Para o Pucci, ele apenas a viu como isca para atrair Jotaro mas Jolyne se provou ser uma maior ameaça após ver sua determinação em obter os discos de Jotaro devolta. Eles se tornaram inimigos quando Jolyne descobriu que Whitesnake era, de fato, Pucci e buscou tomar sua vida. Jolyne se tornou mais e mais determinada em pará-lo e botar um fim para seus planos mas seus esforços mais tarde levariam à sua morte quando Pucci evoluiu seu C-Moon para o Made In Heaven e matou-a enquanto a mesma protegia o Emporio, tendo conseguido apenas cortar o lado direito de seu olho antes de morrer.
  • Emporio Alnino: Depois de Pucci matar sua mãe, Emporio ficou ciente de sua maldade e o temeu. Originalmente Pucci não pensou muito sobre Pucci devido a sua idade, mas depois se arrependeria da sua decisão de não tê-lo matado mais cedo já que Emporio mais tarde o mataria e destruiria seus planos de uma vez por todas.

 Relacionamentos em Eyes of Heaven

(A informação abaixo é derivada de um jogo que não foi escrito pelo Araki. E por causa disso, pode ou não ser considerado cânon.)

  • DIO Ascendido: Pucci era tão leal ao DIO Ascendido quanto ele era ao DIO normal.

Capítulos

Book Icon.png Aparições no Mangá
Capítulos em ordem de aparição

Frases

Quote.png Frases
  • A diferença entre o homem e o animal... é o desejo de "ir ao céu". Humanos pensam a respeito disso...entretanto, cães e papagaios não podem compreender esse conceito. A ideia do "céu". Humanos deveriam passar suas vidas tentando alcançar o "céu". Essa é a beleza dos humanos.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 34: Marilyn Manson, the Debt Collector, Part 1
  • Fazer algo pelos outros normalmente gira em torno do que você pode receber da ação. Ser bom aos outros é esperar também esperar bondade dos outros. Não existe tal coisa como amor incondicional. Amor incondicional é a esperança de que você irá eventualmente chegar ao céu.
    —Enrico Pucci para Jolyne Cujoh, SO Chapter 47: Savage Garden Strategy, Part 8
  • 2...3...5...5...11...13...17...19.... os números primos são números solitários que podem ser divididos apenas pelo 1 e por si mesmos... eles me dão força.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 49: Torrential Downpour Warning, Part 2
  • Merda! Tem sapos na minha calça de 800 dólares.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 49: Torrential Downpour Warning, Part 2
  • Você me assustou por um segundo... mas não há como meros sapos derrotem uma cobra.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 50: Torrential Downpour Warning, Part 3
  • Eu vou obter um caminho para o céu! O celebre... o que aqui nasce é o próprio céu. Celebre o amanhecer de um novo dia...!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 84: F.F. - The Witness, Part 2
  • A razão pela qual as pessoas falham... é devido ao sentimento de vergonha. As pessoas morrem por causa de vergonha. Elas acham que poderiam ter feito as coisas de jeito diferente no passado, ou se perguntam por que fizeram as coisas do jeito que fizeram. Por causa de seus arrependimentos, as pessoas sentem vergonha. Elas lentamente se tornam fracas e falham. Não foi erro da minha parte por não ter notado que ela roubou o rádio do guarda. Isso é um teste... eu devo trazer as coisas ao meu favor, para receber minha vitória.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 91: Whitesnake - The Pursuer, Part 3
  • Eu nunca nem pensei [em te trair]. Eu gosto das pessoas que me ajuda, que encorajam meu crescimento... Você é o rei dos reis. Onde você acabará? Eu quero ver as coisas até o fim. Eu lhe amo como eu amo a Deus.
    —Enrico Pucci para DIO, SO Chapter 94: Time for Heaven
  • Agora eu finalmente posso entrar em seu mundo, DIO!!!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 95: New Moon! New Priest
  • Você acredita em forças gravitacionais entre humanos? Que certas pessoas atraem certas outras? Eu acredito nisso, agora.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 103: Three Men in the Hospital
  • Nascer é ser escolhido. E o escolhido, até mesmo em suas dificuldades contra os outros, é meramente empurrado para cima e até mesmo protegido pelas figuras guerreiras abaixo dele. As pessoas que são levadas a mim através do destino! Eles existem apenas para me levar até meu objetivo, alcançar o céu! Se Jolyne Cujoh realmente escapou da prisão e está vindo até mim... ela se tornará meramente outra existência por cima da qual eu erei que pisar!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 111: Long Time No See, Romeo
  • Se você ainda não é capaz de ver sua habilidade, não há jeito. Não tente se esforçar contra coisas que estão além de sua compreensão. Para chegar ao céu, você deve se aliar com esses poderes invisíveis.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 118: Time for Heaven - Three Days Until the New Moon
  • Versus! Você não é nada mais do que uma cabana feita de palha! Não pense que você pode invadir a fortaleza que eu e DIO criamos!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 124: Under World, Part 6
  • Não ouse agir por causa de seus sentimentos baixos e insignificantes! Humanos devem lutar para ater o céu! Aquele que luta para encontrá-lo será capaz de levar toda a humanidade até ele.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 135: Heavy Weather, Part 11
  • "Domine quo vadis?" Você será crucificado!!!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 135: Heavy Weather, Part 11
  • Cada começo se originou da gravidade! Até mesmo essa Terra começou com a gravidade! Por causa da gravidade essa Terra continua a girar! Nessa Terra... para onde estou indo?! O que acontecerá agora...?! Dentro de meu corpo e minha alma, a gravidade existe! E ela também deve existir, no final de tudo...!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 140: Gravity of the New Moon, Part 2
  • Nosso Senhor Jesus Cristo estava a destinado ser posto na cruz. Nossa Santa Mãe Maria estava destinada a perder seu filho. Para que humanos atenham a felicidade, eles devem superar o destino... E para DIO e eu, a coisa que nós devemos superar é a linhagem Joestar!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 143: C-Moon, Part 3
  • Não pode ser, a linhagem Joestar... a linhagem Kujo! É o que está tentando me parar, e os planos de DIO?!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 145: C-Moon, Part 5
  • Para mim, você é menos significante que Sun Wukong voando em volta da mão do Buda.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 145: C-Moon, Part 5
  • A hora do Céu finalmente chegou...
    —Enrico Pucci, SO Chapter 148: C-Moon, Part 8
  • Dois passos. Você estava dois passos atrasado... A linhagem Joestar obteve força de seu orgulho e coragem para conquistar seu destino... mas! A fraqueza também é presente em seu sangue. Jotaro Kujo, sua filha é sua fraqueza.
    —Enrico Pucci, SO Chapter 154: Made in Heaven, Part 6
  • Um novo mundo! A humanidade finalmente chegou à um fim em comum... um novo amanhecer!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 156: Made in Heaven, Part 8
  • Você talvez pense que saber de todos os maus do futuro é desespero, mas é o contrário! Mesmo se você soubesse que morreria amanhã, é essa resolução que torna alguém feliz! A resolução de um acaba com o desespero! A humanidade mudará! É isso que eu busquei! Isso é o Made in Heaven!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 157: Made in Heaven, Part 9
  • Em nome de Deus, eu te destruirei! Suas ações, Emporio... você só está fazendo com que seus gritos se tornem as trombeta do inferno!
    —Enrico Pucci para Emporio, SO Chapter 158: What a Wonderful World
  • Na frente de minhas ambições honradas, perceba sua insignificância enquanto você se despedaça!
    —Enrico Pucci, SO Chapter 158: What a Wonderful World
  • Pare!!!!! Você não entende nada!!! Seu pirralho insignificante!!! Aaghhhh!!!!
    —As últimas palavras de Enrico Pucci, SO Chapter 158: What a Wonderful World

Quote.png Quotes
  • Deus é a Palavra. A Palavra possui significado. Logo, tudo nesse mundo possui sentido.
    —Enrico Pucci, JORGE JOESTAR Chapter 10: H.G. Wells

Curiosidades

Referências

  1. SO Chapter 95: New Moon! New Priest
  2. 2.0 2.1 [citação necessária]
  3. Calculado pela data de nascimento e ano em que Stone Ocean se passa.
  4. 4.0 4.1 SO Chapter 127: Heavy Weather (3)
  5. SO Chapter 118: Time for Heaven - Three Days Until the New Moon
  6. 6.0 6.1 SO Chapter 87: Awaken, Part 3
  7. SO Chapter 157: Made in Heaven, Part 9
  8. SO Chapter 96: Jail House Lock! Part 1, p2
  9. SO Chapter 127: Heavy Weather, Part 3, p.16
  10. 10.0 10.1 10.2 SO Chapter 127: Heavy Weather, Part 3SO Chapter 128: Heavy Weather, Part 4SO Chapter 129: Heavy Weather, Part 5
  11. SO Chapter 34: Marilyn Manson, the Debt Collector, Part 1, p15
  12. SO Chapter 94: Time for Heaven, p8
  13. SO Chapter 157: Made in Heaven, Part 9, p8-10
  14. SO Chapter 94: Time for Heaven, p19
  15. SO Chapter 154: Made in Heaven, Part 6, p6-8
  16. SO Chapter 34: Marilyn Manson, the Debt Collector, Part 1, p13
  17. SO Chapter 96: Jail House Lock!, Part 1, p8
  18. SO Chapter 136: Heavy Weather, Part 12, p10
  19. SO Chapter 49: Torrential Downpour Warning, Part 2, p7
  20. SO Chapter 155: Made in Heaven, Part 7, p6

Navegação do Site

Other languages: