Rai Mamezuku

From JoJo's Bizarre Encyclopedia - JoJo Wiki
Jump to navigation Jump to search

Aquele galho é uma planta demoníaca, não há humano que possa domá-la! Então, eu vou coletá-la!
—Rai Mamezuku, JJL Chapter 74: Ozon Baby's Pressure, Part 2

Rai Mamezuku (豆銑 礼 Mamezuku Rai) é um aliado primário na oitava parte de JoJo's Bizarre Adventure, JoJolion.

Introduzido no arco "A Lagoa Azul de Dolomite", Mamezuku é um apreciador de plantas recluso, secretamente empregado pela Companhia Frutífera Higashikata e conhecido apenas por Norisuke Higashikata IV. Assim que atacado pelos Humanos de Pedra, ele se junta a Josuke Higashikata para proteger a si mesmo.

Mamezuku é um usuário de Stand, e seu Doggy Style o dá a habilidade de se transformar em fios parecidos com faixas.

Aparência

Mamezuku é um homem de porte musculoso de altura acima da média com um corte de cabelo de topo plano com trnaças atrás da cabeça. Ele veste um macacão com um padrão de vinhas e vagem por cima de uma camisa clara de colarinho e uma gravata, assim como um chapéu de aviador com sete pequenas bolas lembrando várias uvas na frente do chapéu.

Depois da luta contra Urban Guerrilla, a mão esquerda de Mamezuku perde quatro dedos devido ao Brain Storm tê-la infectado.[5]

Esquemas de Cores

A obra é conhecida por sua mudança de cores entre as mídias, a informação apresentada abaixo pode ou não ser cânon.

Pele(Clara, batom laranja)
Cabelo(Azul)
Olhos(Castanhos)
Roupa
(Macacão verde com decorações verdes mais escuras, camisa de baixo branca, gravata preta e chapéu amarelo)

Personalidade

Depois de Yasuho compartilhar sua triste história, Rai diz que não liga

Rai Mamezuku é um indivíduo excêntrico e indelicado com pouca preocupação por educação. Ele é altamente analítico e inteliente em sua maneira de abordar problemas. Assim que ele descobre sobre o que está acontecendo a Morioh e que ele está sendo atacado, ele toma a iniciativa de se juntar com seus aliados.[6] Com uma única ligação para Norisuke sobre o problema confuso de Josuke, Mamezuku consegue compreender os riscos a cada lado envolvido e vê o melhor curso de ação para ele.[7] Ele tende a cuidadosamente observar seus arredores e verbalmente anota tudo que remotamente o interesse; esse hábiot permite que ele diferencia a natureza e as sublimidades do ataque contra ele. Mamezuku também regularmente calcula probalidades, como as chances de alguém estar seguro através de fatores selecionados.[8]

Mamezuku tem um coração de pedra em relação aos seus métodos, repetidamente mostrando que ele não tem escrúpulos em sacrificar uma pessoa que lee percebe como menos importante por um objetivo maior. Seu pomar especificamente deixa uma pequena parte da cultura cheia de insetos predatórios para melhorar o resto do pomar, ele não tem problemas em cortar alguns de seus para salvar a si mesmo,[5] e até põe Yasuho em grande perigo pois ele a vê como menos importante do que sua própria segurança.[9] Outro exemplo de sua inescrupulosidade acontece quando ele deliberadamente faz um detento ver Satoru Akefu para fazer o homem machucar a si mesmo e ter uma chance de escapar da prisão e ser secretamente levado ao Hospital Universitário TG.[10]

Além disso, Mamezuku é bastante calmo. Apesar de ser introduzido sob ataque de uma habilidade desconhecida, ele age calmamente apesar de ter um foco aberto em sua sobrevivência. Assim que em terras relativamente seguras, Mamezuku toma um tempo para cozinhar um lanche para ele, Josuke e Yasuho.[11] Quando ele perde sua mão esquerda para um ataque de Stand, ele calmamente a corta para preservar o resto de seu corpo.[5] Isso tendo sido dito, até mesmo Rai não pode ficar calmo quando Akefu sugere que ele esteve por trás da morte de seu pai e também todas as calamidades que destruíram o pomar de seus pais, e ele rapidamente tenta matar o médico-chefe.[12]

No entanto, a característica mais notável de Mamezuku é sua excentricidade e franqueza. Primeiro, ele é extremamente anti-social. Seu único relacionamento é com Norisuke, quem ele de qualquer forma considera um bom amigo.[13] Mamezuku toma muitos passos para ficar isolado, já que sua casa durante o verão é na verdade um pilar de apoio para um teleférico, completo com pelo menos uma cozinha escondida e o lado inteiro de uma montanha como seu pomar;[14][15] durante o inverno ele reside em uma vila. Além disso, Mamezuku constantemente demonstra uma falta de cuidado pelos outros. Ele rouba um ônibus sem pensar em nada além das repercussões que isso traz à ele, abertamente conta a Yasuho que ele não liga sobre sua história trágica[16] e considera sua sobrevivência como a prioridade, com a de Josuke e Yasuho sendo secundárias a sua própria. De qualquer forma, ele parece impressionado quando Yasuho toma a iniciativa de cobrir seus passos e pensou em convidar seus hospedes para um lanche enquanto eles discutem seu próximo passo.[14] Isso não para Mamezuku de condenar Josuke quando ele prioritiza a segurança de Yasuho no meio de um ataque. Ele vai ao ponto de friaramente empurrar Yasuho para fora do teleférico para o alcance do Stand inimigo para ver o que aconteceria.

Em sua juventude, Rai foi descrito como um garoto temperamental que não gostava de outras pessoas e culpava o erro de seus pais pela destruição de seu pomar.[17] Um segundo flashback mostra que ele estava pelo menso em bons termos com Norisuke IV[18]

Habilidades

Stand

Artigo principal: Doggy Style

O Stand de Mamezuku é o Doggy Style, que pode criar um fio preênsil parecido com uma faixa de seu corpo para agarrar objetos de longe. Ele desfia seu corpo em uma "corda de arame" que ele pode controlar e manipular.

Doggy Style (ドギー・スタイル)Link para essa seção
DoggyStyleAv.png
Habilidade
Pele Desfiável

Horticultura

Mamezuku é um especialista em horticultura, sua profissão sendo a de um apreciador de plantas e um cultivador de frutas, sugerindo uma grande quantidade de conhecimento e experiência com plantas. Ele pode identificar uma planta simplesmente através de sua aparência em uma fotografia, e tem o conhecimento para cuidar de plantas raras como a Locacaca de forma correta.

Spin

É eventualmente revelado que Mamezuku sabe da existência do Spin. Ele demonstra isso a Josuke ao desfiar uma corda de sua pele e deixá-la girar rapidamente, revelando a Josuke que as bolhas de sabão do Soft & Wet são na verdade linhas finas que giram infinitamente.

História

Passado

Mamezuku nasceu em uma família de fazendeiros de frutas, cujas peras de alta qualidade eram bens prezados.

Em um flashback, as técnicas de cultivação dos pais de Mamezuku foram vazadas, levando a um competidor conseguindo roubar uma colheita inteira de peras e derrubando as árvores das frutas. Os usurpadores estavam conectados com agiotas locais. Então, seus pais tiveram de se livrar de seus pomares. Culpando seus pais, Mamezuku passou a viver sozinho em uma pista de esqui, cultivando suas próprias frutas apesar das dificuldades. Mamezuku conheceu Norisuke Higashikata IV aos 17 anos de idade. Impressionado pela qualidade das frutas, Norisuke apontou Mamezuku em segredo como seu cultivador e apreciador de frutas pessoal. A existência de Mamezuku na companhia foi mantida no maior sigilo, com nem mesmo o próprio filho de Norisuke, Jobin, tendo sido informado.[19]

Em outro flashback, a família de Mamezuku parecia ser ligada à família Higashikata. Em certo ponto, o pomar de peras foi destruído por um tufão e um estranho fenômeno ocorreu onde as árvores vazavam asbestos de todos seus orifícios enquanto cresciam. Mamezuku insiste que ele viu um inseto causar mau ao pomar mas ninguém acreditou nele. No entanto, seu pai foi investigar as frutas durante esse tufão e foi morto por um deslizamento de terra. Norisuke Higashikata IV atendeu ao funeral com seu filho Jobin e filha Hato. Durante a cerimônia, Mamezuku foi incomodado por alguns conhecidos mas Norisuke se livrou deles. Após abraçar Norisuke por comforto, Mamezuku novamente disse a ele que o pomar foi bem-cultivado e que ele viu um estranho inseto a espreita do pomar enquanto as árvores morriam. Entretanto, Norisuke refutou suas alegações, tendo checado e não visto inseto algum, e disse a Mamezuku que tudo que aconteceu a ele foi algum tipo de calamidade natural.

Naquele momento, embora fosse breve e dificilmente notável, foi aqui que o jovem Mamezuku encontrou Satoru Akefu, que estava com suas costas viradas. No entanto, Mamezuku tinha deveres aos quais atender e esqueceu sobre o estranho homem.[20]

JoJolion

Mamezuku é visto pela primeira vez quando Norisuke apresenta uma foto dele a Josuke Higashikata, o aconselhando a encontrá-lo, já que suas habilidades permitiriam que Josuke reconhecesse o galho de Locacaca enxertado.

O Apreciador de Plantas

Mamezuku formalmente conhece Josuke & Yasuho

Depois de se comunicar com Norisuke em relação a investigação de Josuke Higashikata de um galho de Locacaca, Mamezuku nota que ele está sob ataque de um inimigo não-identificado se movendo pelo chão. Correndo de seu atacante, Mamezuku acaba roubndo um ônibus no qual Josuke e Yasuho Hirose estão, formalmente os conhecendo e se apresentando no processo.

Mamezuku então dirige até sua casa de verão nas montanhas, um teleférico. Discutindo com Josuke e Yasuho, Mamezuku consegue encontrar a localização da Locacaca usando fotografias do pomar, e determina que o melhor curso de ação para sua sobrevivência é trabalhar com Josuke.

Urban Guerrilla ataca Mamezuku

Após um breve lanche, o trio é atacado pelo atacante desconhecido revelado ser um duo de humano de pedra e animal de pedra, Urban Guerrilla e seu animal de estimação Doremifasolati Do. Perdendo vários dedos em um primeiro ataque, Mamezuku fica transtornado por Josuke ter protegido Yasuho em vez dele. Para observar o inimigo, Mamezuku empurra Yasuho para fora do teleférico, o que leva Josuke a também pular para fora, embora Mamezuku lhe diga que eles tem de pegar tanque de combustível guardado dentro de um dos postes do teleférico.

Separado de seus aliados, Mamezuku é atacado por Urban Guerrila e cai do teleférico, gravemente ferido. No entanto, ele conseguiu furar o tanque de combustível e trazê-lo a Josuke junto de seu isqueiro, que Josuke usa para fazer Doremifasolati Do e Urban explodirem.

Depois disso, Mamezuku leva com ele um viveiro cheio de larvas de mariposa. Quando ele diz para Yasuho ir embora para casa, Yasuho recusa e começa a contar sua história. Sem interesse por ela, Mamezuku de qualquer jeito escuta quando Yasuho teoriza que a estraha presilha de cabelo que a tormentou pudesse ter sido um animal de pedra. Então, ele a envia para investigá-la.

A Pressão do Ozon Baby

Chegando na residência Higashikata através de túneis subterrâneos secretos, Mamezuku e Josuke conseguem plantar as larvas de mariposa no galho de Locacaca e devem agora esperar 12 dias até que a nova fruta cresça.

Mamezuku & Josuke saem para pegar o galho mas ele é no final roubado

Sua saída é interrompida quando eles notam a pressão atmosférica crescendo dentro do túnel. Olhando para fora, s dois vêem o pomar em chamas e decidem usar bolhas gigantes para protegerem-se do poder do Ozon Baby. Indo ao ar livre para pegar o galho, Mamezuku vê o inimigo, Poor Tom, e decide confrontá-lo.

A tentativa de Mamezuku de quebrar o pescoço de Poor Tom ao estrangulá-lo com seu braço em forma de faixa prova ser um erro pois ao tocar Tom a influência do Ozon Baby é diretamente aumentada nele. Quando Poor Tom prende uma parte da faixa dentro de uma bainha de faca para simular um espaço fechado, Mamezuku sucombe à pressão, fazendo seu corpo explodir.

Apesar de todos os lados observantes presumindo que o apreciador de plantas havia sido morto pela explosão, Mamezuku foi capaz de utilizar o Doggy Stlye para desmontar seu corpo rapidamente ocm sucesso, dando a impressão de que ele foi transformado em pedacinhos. Depois do conflito com Poor Tom acabar, Josuke descobre um Mamezuku sobrevivente porém desmontado e lamenta pela perca do galho, não sabendo que Jobin havia o obtido em segredo.

Perseguindo o Médico-Chefe

Depois da batalha, Josuke explica o que aconteceu a família Higashikata. Mamezuku suspeita de Jobin ter ateado fogo ao pomar, mas nenhum deles tem provas do que aconteceu. Eles decidem sigar a trilha da placa da ambulância. Descobrindo que nenhuma ambulância com tal placa está registrada, Josuke encontra outra trilha quando Yasuho liga para ele para ir ao Hospital Universitário TG.

Chegando com Josuke, Mamezuku passa um tempo procurando por Yasuho enquanto ao mesmo tempo, ela está preocupada lutando contra o Dr. Wu Tomoki junto de Mitsuba Higashikata. Dados uma dica pelo ex-namorado de Yasuho, Tooru, Josuke e Mamezuku chegam ao laboratório secreto contendo vários galhos de Locacaca. Depois de Josuke salvar Yasuho, Mamezuku escaneia a sala e deduz que o galho de Locacaca roubado não está no laboratório e destrói as árvores de lá.

De algum jeito Josuke e seus companheiros são incapazes de alcançar o médico-chefe

Embora Yasuho teorize que já que Tomoki tentou controlar Mitsuba, ele tenha suspeitado de Jobin como o possuidor do galho, Mamezuku está certo sobre o galho estar nas mãos da Organização da Locacaca e continua surdo às suas sugestões. Ele em vez disso presta atenção no último membro da organização ainda não conhecido: Satoru Akefu, o médico-chefe do Hospital Universitário TG. O trio é eventualmente informado de que o médico-chefe está andando para longe atrás deles, mas para a frustação de Mamezuku, o médico de supostamente 89 anos continua escapando deles enquanto eles continuamente batem contra objetos, Mamezuku sendo o mais sujeitado a esses acontecimentos.

Enquanto o médico sai do hospital, Mamezuku nota que suas pernas estão sendo picadas e que o grupo está sob o ataque de um Stand inimigo. Aconselhando contra continuar a perseguição, ele indefesamente vê um carro quase bater em Yasuho e Josuke enquanto eles perseguem o médico-chefe, que agora entrou em um ônibus. Além disso, Josuke se encrenca quando um paciente ali próximo começa uma briga e seu pescoço quebrado violentamente e repentinamente torce, fazendo parecer que Josuke matou o homem. Uma multidão se junta e a polícia chega enquanto Mamezuku, indisposto a ser preso, pede que Yasuho fuja enquanto ele e Josuke devem encontrar um jeito de sair dessa situação.

Mamezuku testemunha Josuke ser atingido pela chuva mortal

Mamezuku e Josuke eventualmente decidem se esconder em uma lamborghini, ela também estando escondida na folhagem de uma árvore. Eles duram até dois dias antes da colheita. Tendo comprado alguns suprimentos, Mamezuku faz pontos em si mesmo e também descobre que Satoru Akefu pode estar atendendo a uma palestra no Hospital Universitário TG. Ao mesmo tempo, ele e Josuke discutem a natureza exata do Stand de Satoru Akefu. Assim que eles decidem ir à palestra, o Stand de Akefu aparece, fazendo eles perceberem que ele é engatilhado pela intenção de perseguir. Enquanto eles preocupadamente saem do carro para escapar o ataque iminente, Mamezuku e Josuke descobrem com terror que as gotas da chuva se tornam projéteis letais, os forçando a se refugiar em um carro da polícia.

Determinado a chegar ao hospital e à palestra de Akefu, Josuke dá um passo para fora do carro e é furado por gotas de chuva de propósito para ser ferido e levado ao hospital. Chocado, Mamezuku nota que o ataque acabou com Josuke tendo sido nocauteado, ou pior, e enfurecidamente grita para que a polícia consiga uma ambulância. Mamezuku é detido pela polícia.

Confrontando o Médico-Chefe

Mamezuku pensa sobre a habilidade do inimigo e inicia seu plano de fuga. Ele começa ao roubar um celular móvel e uma faca de cozinha do armário de evidências e as leva clandestinamente até sua cela.

Sentado com outro prisioneiro que reclama sobre seus resmungos constantes, Mamezuku mencion que ele é inocente e estava apenas ajudando seu igualmente inocente amigo Josuke e então pergunta sobre a saúde de seu companheiro de cela. Isso enfurece o homem que só quer ser deixado em paz mas quando Mamezuku menciona o poder do médico-chefe Satoru Akefu. Mamezuku mostra o telefone móvel e a faca de cozinha e afirma que ele está livre para ir para fora mas deve continuar na cela. Filmando o lado de fora com o celular, Mamezuku mostra a tela ao companheiro de cela e menciona o homem idoso com um terno preto de pé perto da janela mas com suas costas viradas para eles. O companheiro de cela grita que não há ninguém mas Mamezuku insiste, teorizando que a figura é uma materialização da "energia da calamidade". Para provar seu ponto, Mamezuku fica de pé para dar uma olhada melhor no idoso e um copo de água repentinmente cai no chão e a luz quebra, lançando estilhaços de vidro contra eles. Ele também tenta ligar para Josuke para informá-lo sobre o inimigo e sua comida é partida ao meio, revelando um enxame de vermes.

Então, Mamezuku alega que o homem é a forma da retribuição cârmica cuja energia é provavelmente relacionada aos atos do indivíduo que o vê. Mamezuku finalmente consegue fazer seu companheiro de cela ver o médico-chefe e menciona que ele encontrou fotos de um ataque com uma faca no celular incriminando o companheiro de cela. Levado ao limite, o homem revela uma faca mas Mamezuku desfia sua mão e empurra a faca no pescoço dele, dizendo que ele esteve esperando por esse momento. A polícia leva o criminoso ferido ao hospital. Quando a ambulância chega ao Hospital Universitário TG, Mamezuku sai de seu esconderijo, já que ele se desfiou para se esconder em baixo das roupas do homem que ele matou. Ainda sim, ele consgue ver a figura do médico-chefe no estacionamento. Mamezuku expressa sua última descoberta: que a figura é na verdade o Stand e que o usuário real está se escondendo em algum lugar. No entanto, Mamezuku vê o Satoru Akefu real andando atrás dele dessa vez, e deduz que ele e o médico estão indo na mesma direção: atrás de Josuke.

Wonder of U confronta Josuke e Mamezuku

Enquanto Mamezuku e Akefu ambos vão em direção do laboratório, Mamezuku é capaz de ver mais de como o Akefu Stand se locomove atravessando objetos e através de reflexões. Chegando na sala onde Josuke está, ele avisa Josuke sobre o médico-chefe e seus poderes de calamidade, mas Josuke tem um plano. Akefu atravessa a parede para olhar para dentro do laboratório mas não completamente adentra à sala. Em vez disso, ele tira um inseto de pedra chamado Dododo De Dadada de seu bolso. Ele ataca Josuke através de um método estranho mas Josuke consegue evitar danos sérios. Akefu o desafia a sair de sua cadeira. Entretanto, Josuke responde que essa é a última série de tentativas para trazê-los ao ar livre. Logo, Josuke faz uma pergunta: não seria suficiente apenas ficar com a nova Locacaca? Akefu permanece em silêncio, permitindo que Mamezuku perceba que Akefu não está com a fruta.

De repente, Mamezuku se lembra de seu passado e de que ele já havia visto Satoru Akefu. Se lembrando do pomar de peras devastado de sua família e o inseto de pedra, Mamezuku então viu Josuke excretando asbestos. Se lembrando de como suas árvores morreram, Mamezuku protege Josuke do segundo ataque do Dododo De Dadada ao bloqueá-lo com sua palma, ferindo a si mesmo no processo, e disse para Josuke não se mexer. Ele explica que se mexer para cima deve causar a aparição do asbestos, e o médico-chefe, que se identifica como Wonder of U, explica que a causa é estender os próprios membros, assim como as árvores de Mamezuku morreram vazando asbestos enquanto seus galhos cresciam. Enquanto Wonder of U praticamente revela que ele é responsável pela destruição do pomar e a morte de seu pai, a determinação escura surge em seus olhos. No entanto, ele deve primeiro avisar Josuke sobre o ataque iminente do Dododo De Dadada, que se fundiu com a mesa em que Josuke está em cima.

Rai é pego por uma calamidade e morre por causa de uma das bolhas do Soft & Wet

Rai primeiro tenta avisar Josuke mas ele é dominado pelo Dododo De Dadada. Rai então intervem pessoalmente. Ao se desfiar parcialmente, Rai é capaz de rastejar no teto como uma cobra e surpreender Dododo De Dadada. Rai violentamente estende a ponta de seu dedo e empala o inseto de pedra, o matando. Apesar do desejo de Josuke de deixar o Wonder of U vir até ele, Rai diretamente confronta o médico-chefe, pondo seu dedo meros centímetros de distância dele. Wonder of U provoca Rai sobre as calamidades que caíram sobre sua família. Enfurecido, Rai pega o Wonder of U pelo pescoço e quase o fura. No entanto, uma calamidade acontece e Rai cai na armadilha de Josuke, várias bolhas que giram cortam partes de seu corpo, incluindo a cabeça. Rai cai mas decide contar a Josuke a verdade sobre o poder do Soft & Wet, e revela a ele a existência do Spin, morrendo logo após.

Soft and Wet: Go Beyond

O corpo de Rai fica parado enquanto Josuke confronta o Wonder of U. Seu espírito guia Josuke sobre a utilidade do Spin e explica como ele poderia atravessar a calamidade. Kei Nijimura se junta para ajudar Josuke mas também é incapacitada por uma calamidade, e sua ajuda revela a habilidade escondida dentro das bolhas de Josuke. As mãos dele e Kei Nijimura são vistas segurando Josuke. A luta chega ao seu clímax quando Josuke consegue usar o Spin com as bolhas de seu Stand. Com o Wonder of U fora da luta, Josuke caminha até a sala de Holy Joestar-Kira e aproveita para pensar sobre ela, Rai e Kei.

Relacionamentos

Família

  • Pai: Devido a incompetência dos pais de Mamezuku, Mamezuku fugiu para viver sozinho. No entanto, é mostrado que Mamezuku ainda ama seus pais, especialmente seu pai, já que Mamezuku em certo ponto atendeu ao funeral do mesmo. Depois de descobrir que o deslizamento de terra que matou seu pai foi uma calamidade causada pelo Wonder of U, a morte de seu pai se torna um dos fatores principais que levam às ações de Mamezuku na luta contra Akefu.
  • Mãe: Devido a incompetência dos pais de Mamezuku, Mamezuku fugiu para viver sozinho. O relacionamento de Mamezuku com sua mãe permanece incerto, embora ela tenha atendido ao funeral do pai de Mamezuku com ele. Mais tarde, dominada pela quantidade de dívidas do pomar de peras, ela adoeceu e morreu.[21] Assim como o caso com seu pai, Mamezuku fica enfurecido ao descobrir que a morte de sua mãe também foi uma calamidadade causada pelo médico-chefe.

Amigos e Aliados

  • Norisuke Higashikata IV: Mamezuku conheceu Norisuke aos seus 17 anos. Norisuke ficou impressionado pelas habilidades de cultivo de plantas de Mamezuku, e o contratou para ser seu cultivador e apreciador de frutas pessoal secreto. Desde então, o segredo continua despercebido até mesmo ao filho mais velho de Norisuke, Jobin. É mostrado que Norisuke assume um papel de figura paterna para Norisuke, já que ele atendeu ao funeral de seu pai, e estava lá para confortá-lo.
  • Josuke Higashikata: Eles se aliam devido a suas conexões com Norisuke, e para que Mamezuku pudesse dizer a Josuke onde o galho da nova Locacaca está. Eles ainda se dão bem de qualquer jeito.
  • Yasuho Hirose: Apesar de Yasuho ajudar Mamezuku a investigar os organismos de pedra e a Locacaca, Mamezuku demonstra quase nenhuma preocupaçõ por Yasuho. Durante seu encontro com Urban Guerilla e Doremifasolati Do, Mamezuku a pôs em perigo, a considerando descartável e ignorando a reação de Josuke. Eles parecem se dar bem de qualquer jeito.

Inimigos

  • Satoru Akefu: Akefu atendeu ao funeral do pai de Mamezuku em certo ponto; embora fosse breve, ele esteve lá e Mamezuku e Akefu se conheceram pela primeira vez. Após descobrir que o deslizamento que tomou a vida de seu pai era uma calamidade causada pelo Wonder of U, a morte de seu pai se torna o fator principal que leva às ações de Mamezuku na luta contra Akefu.
  • Dododo De Dadada: Mamezuku não considera Dododo De Dadada um inimigo diretamente, embora em seu passado ele tivesse visto os insetos de pedra infestarem o pomar de peras de seu pai com asbestos. Não é claro se um deles era o Dododo De Dadada. Mamezuku continuou tentando contar ao público sobre isso, mas eles não acreditaram nele, apenas seu pai.

Capítulos

Book Icon.png Aparições no Mangá
Capítulos em ordem de aparição

Frases

Quote.png Frases
  • As prioridades aqui são proteger a mim primeiro... e então sua vida vem em segundo. Ela em terceiro. Tá bom?
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 65: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 1
  • Eu só estou dizendo o que eu acho lógico.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 65: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 1
  • Meu nome é Rai Mamezuku (32). Entendeu? "Rai", não "Rei". Meu trabalho é como o cultivador de frutas pessoal do Norisuke. Eu não faço negócios com mais ninguém.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 65: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 1
  • Eu estou propositalmente deixando insetos e doenças atacarem os morangos daqui. Ao fazer isso, eles viram um bom ambiente para os insetos e doenças, então eles não sobem mais alto no lado do morro.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 66: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 2
  • Josuke, promessas são "sagradas".
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 66: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 2
  • Você sabe o que... eu estou tentando fazer... com o meu 'Doggystyle'...? O Josuke... sabe.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 70: Urban Guerrilla and Doremifasolati Do, Part 3
  • Não me entenda mal, Josuke Higashikata. Parece que você falou ao inimigo sobre mim... você precisa me proteger.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 64: Mother and Child
  • Eu gostaria de evitar mais irregularidades, mas... Josuke... não importa o que aconteça, eu preciso que você assuma responsabilidade. Por agora, você tem que me proteger. As prioridades aqui são me proteger primeiro, e então sua própria vida vem em segundo. Ela em terceiro.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 65: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 1
  • É melhor que você não duvide das minhas habilidades.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 65: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 1
  • O teleférico inteiro é a minha casa. Mas só é alugado. Começando de baixo, o primeiro poste é onde meus registros análogos estão guardados. Eu estou pensando sobre jogar fora meus discos lasers. Cada poste está equipado com alto-falantes. O segundo poste é uma biblioteca e uma vinícola. O terceiro poste é onde eu guardo meus sapatos e roupas.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 65: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 1
  • Humanos começaram a praticar agricultura há aproximadamente 10,000 anos atrás. No começo, eles cultivavam trigo e ervilhas. Desde então, a civilização humana esteve constantemente se desenvolvendo. Agora, desenvolvimentos na ciência e tecnologia, terrenos e ambientes naturais, arte, pensamentos, e economia parecem ter ultrapassado todos os limites... Apesar de tudo isso, ainda há um lugar onde, desde o começo da civilização humana, continuou sem ter sido explorado. Um lugar que nem reis ou sábios puderam conquistar. Um lugar onde sábios desistiram de conquistar e o aceitaram como sendo inconquistável. Esse é o lugar conhecido como não morrer. Mas a humanidade teve provas de que ele existe em um nível celular. O mecanismo é surpreendentemente simples. A troca equivalente de células. Até mesmo deixando questões morais de lado, diferente de células tronco pluripotentes induzidas e clonagem, é uma troca simples. Pelos meus cálculos, a troca celular de um corpo inteiro pode ser feito em apenas duas horas. Josuke, se os sábios desse mundo te testemunhassem, o que eles pensariam sobre a morte...?
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 66: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 2
  • A indústria da informática por si só faz 5 trilhões de dólares por ano. Que tipo de mundo seria uma "indústria de imortalidade"?
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 66: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 2
  • Esse inimigo é bem perigoso... nossas chances de sobreviver diminuiram para 7%.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 66: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 2
  • Não trate coisas sagradas sem seriedade. Do contrário todo mundo, incluindo Norisuke, irá perder! Eu sou a primeira prioridade. Me proteja...você realmente quer cultivar a fruta Locacaca, certo?
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 66: The Plant Appraiser - Rai Mamezuku (31), Part 2
  • Ele me chamou a atenção... eu mudei minha opinião sobre ele de alguma forma... quando tudo estiver feito, Josuke é um homem com o qual eu posso contar. Mas isso... é uma avaliação para depois de termos posto nossas mãos na nova Locacaca...
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 68: Urban Guerrilla and Doremifasolati Do, Part 1
  • Josuke... eu não vou muito com seu plano... mas esse discurso seu de agora... eu gostei. Parte dele, pelo menos. Eu não liguei para as outras partes, mas essa frase sobre o Norisuke me impressionou.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 74: Ozon Baby's Pressure, Part 2
  • Conhecendo o Norisuke... com aquele galho da nova Locacaca, nós abriremos o caminho da justiça e traremos felicidade a todos. Aquele galho é uma planta demoníaca! Não há humano que possa domá-la! Então eu vou coletá-la!
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 74: Ozon Baby's Pressure, Part 2
  • Você... é um humano de pedra, não? Eu vou te cortar ao meio com os meus fios.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 75: Ozon Baby's Pressure, Part 3
  • Eu sei que eu pareço um disco riscado mas... 89 anos?
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 84: The Wonder of You (Your Miraculous Love), Part 1
  • Desculpa, mas nã-na-ni-na-não. Eu não me importo com a pesquisa, mas eu vou ter que recusar sair do carro de patrulha. Eu serei acertado pela chuva. Eu tenho direitos, sabia.
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 90: The Wonder of You (Your Miraculous Love), Part 7
  • ...Aí ele vem... Tudo nesse mundo... Todas as coisas abaixo do céu e da terra... As conexões entre elas...!! Nenhuma delas estará do seu lado!! Se você 'se mexer um centímetro' que seja dessa cadeira... Um ataque total de um poder chamado desastre estará atrás de você!!
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 98: The Wonder of You (Your Miraculous Love), Part 15
  • Ninguém sabe dele. Ninguém o vê dentro de seu Stand. É uma linha. As linas, elas giram... suas bolhas de sabão são linhas macias que giram! Esse é o Spin! E dentro dele, há coisas que não podem... serem vistas...
    —Rai Mamezuku, JJL Chapter 100: The Wonder of You (Your Miraculous Love), Part 17

Galeria

Referências

Navegação do Site

Other languages: