George Joestar I

From JoJo's Bizarre Encyclopedia - JoJo Wiki
Jump to navigation Jump to search

Para um personagem parecido, veja George Joestar II
O nome é Joestar. Eu gostaria de te pagar de volta por ter salvado minha vida.わたしの名はジョースター命を救ってくれた礼をしたい
—George Joestar à Dario Brando, Chapter 1: Prologue

George Joestar I (ジョージ・ジョースターⅠ世 Jōji Jōsutā Issei) é um aliado secundário da primeira parte de JoJo's Bizarre Adventure, Phantom Blood.

George é retratado como um famoso aristocrata britânico e patriarca da Família Joestar. Ele é o marido de Mary Joestar e o pai do primeiro protagonista, Jonathan Joestar. Depois de um mal-entendimento trágico, ele adota Dio Brando à sua família, ocasionando nos eventos das seis primeiras partes.

Aparência

George Joestar é um homem de meia-idade com uma altura e porte médios. Ele possui um cabelo inteiramente azul escuro com uma franja partida para um lado de sua testa. Ele também possui um bigode bem-cuidado.

George Joestar é tipicamente visto com um terno de três peças que possui uma gravata borboleta ou uma gravata normal. Em flashbacks, ele usa um manto escuro.

Esquema de Cores

A obra é conhecida por sua mudança de cores entre as mídias, a informação apresentada abaixo pode ou não ser cânon.

Pele(Clara)
Cabelo(Castanho)
Cabelo (Idoso)(Grisalho)
Olhos(Castanhos)
Traje
Manto

Pele(Clara)
Cabelo (Idoso)(Grisalho)
Olhos(Castanhos)
Manto
(Roupão rosa com forro vermelho, camisa branca e calça com acessórios azuis e dourados)

Pele(Clara)
Cabelo(Castanho)
Olhos(Azuis)
Traje
(Casaco, calça e sapatos azuis marinhos, camiseta branca, colete verde com botões dourados, gravata de fita marrom)

Pele(Clara)
Cabelo(Azul)
Cabelo (Idoso)(Pervinca)
Olhos(Verdes)
Traje
(Casaco, calça e sapatos pretos, camiseta branca, colete azul marinho com forro preto, gravata de fita verde)
Manto
(Casaco azul marinho com roupa azul mais clara)

Personalidade

George é bondoso, entretanto, um tanto extraviado. O mais aparente exemplo é quando ele acredita por engano que Dario Brando havia salvado sua vida, quando na verdade estava tentando roubar as suas posses.[1] Mesmo quando George percebe isso, até certo ponto, ele demonstra generosidade, alegando que deu seu anel à Dario de boa vontade e, dessa maneira, facilmente o tirando da cadeia. De qualquer jeito, George ainda honra Dario por tomar conta de seu filho sem perceber os maus feitos por Dio. Quando ele percebe, culpa Dario pelo comportamento de Dio.

George ama seu filho, mas é estrito com o mesmo, especialmente depois da aparição de Dio, o que ofereceu à George alguém com quem comparar Jonathan, e quis fazer dele um cavalheiro. Apesar dele usar punição física e privação de comida para punir Jonathan,[2] isso é mais uma reflexão dos costumes de seu tempo do que de seu próprio caráter. Ele notoriamente demonstra seu amor paternal ao se pôr na frente de Jonathan, evitando que seu filho recebesse uma facada.

História

Passado

Como um homem de classe, George era famoso no ramo de trocas, tornando sua família rica e capaz de viver em uma mansão luxuosa. Ele posteriormente se casou com uma mulher chamada Mary, e assim ambos tiveram um filho, chamado Jonathan Joestar.

Phantom Blood

George Joestar confundindo Dario Brando como seu salvador.

George tragicamente perde sua esposa Mary em um acidente de carruagem em 1868. Quando o ladrão Dario Brando chega para roubar os itens de valor ali perto, George então acorda e assume que Dario o salvou e se sente em dívida. Mais tarde, George encontra Dario novamente, dessa vez na prisão. Dario foi preso por tentar penhorar um anel que foi identificado como propriedade da falecida Mary. Porém, George decide mentir para a polícia para salvar Dario da pena de morte e diz ao inspetor no comando do caso que ele deu o anel à Dario. Ele então dá o anel à Dario, dizendo à ele que ele entende a razão do furto e pede para ele se tornar um bom homem de família. Nem mesmo Dario consegue entender a natureza generosa de George quando ele lhe fornece dinheiro para um empreendimento hoteleiro que acaba falindo.[3]

Nos doze anos seguintes, George criou apenas seu filho Jonathan, que se tornou um bom rapaz mesmo sendo um pouco bruto. Ele deu à Jonathan um cachorro, Danny, que salvou Jonathan de se afogar e se tornou seu melhor amigo.

George repreendendo Jonathan Joestar.

Depois de receber uma carta de Dario à beira da morte, George honra sua "dívida" por permitir que o filho de Dario, Dio Brando, more na Mansão Joestar, o aceitando incondicionalmente como um membro da família. Durante a estadia de Dio, George fica impressionado com os modos e inteligência superiores de Dio, o que o leva à repreender seu filho várias vezes. Porém, George permanece sem saber que Dio está brutalizando seu filho.

Depois de Dio beijar a namorada de Jonathan, Erina Pendleton, à força, George e ele conversam sobre o cachorro de Jonathan, Danny. George então narra a história de Danny e Jonathan, o fato de não se gostarem no começo, mas que então Danny salva Jonathan de se afogar em um rio, assim iniciando a amizade entre ambos. Quando Jonathan descobre sobre Erina, ele corre para a Mansão Joestar e luta contra Dio, vencendo a briga por pura força de vontade. Jonathan então consegue fazer Dio chorar pela primeira vez. Sem o conhecimento de ambos Jonathan e Dio, George os vê lutando (não notando a faca a qual Dio planejava esfaquear Jonathan) e manda os dois para seus quartos, prometendo punições para ambos mais tarde.

Dio então prende Danny em um incinerador, fazendo com que o cachorro seja queimado vivo. George e os outros membros da residência não suspeitaram de Dio, acreditando que tenha sido o feito de um ladrão. No entanto, Jonathan suspeita que Dio foi responsável, porém sem provas.

A morte de George Joestar

Oito anos depois, George adoeceu. Jonathan encontra a Carta de Dario, da qual ele descobre que seu pai está provavelmente sendo envenenado por Dio. Jonathan vai à Ogre Street para conseguir provas e achar uma cura. George é então curado e descobre a traição de Dio. Se sentindo responsável por mimar Dio, George fica perto dos policiais que Jonathan trouxe para prender Dio. No último momento, quando Jonathan vai até Dio para pessoalmente algemá-lo, George ouve Wang Chan mencionar a sorte de Dio e se preocupa com o fato da prisão do meliante estar sendo fácil demais.

Quando Dio tenta furar Jonathan para usar a Máscara de Pedra em si mesmo, George salta no meio dos dois e protege seu filho, sendo fatalmente apunhalado nas costas. George morre nos braços de Jonathan, consolando seu filho dizendo que é melhor para um pai morrer nos braços de seu filho. O corpo de George é posteriormente cremado devido ao incêndio que destruiu a Mansão Joestar.

Capítulos / Episódios

Book Icon.png Aparições no Mangá
Capítulos em ordem de aparição

TV Icon.png Aparições no Anime
Episódios em ordem de aparição

Frases

Quote.png Quotes
  • Você errou de novo, JoJo! Esta é a sexta vez! Você cometeu o mesmo erro básico seis vezes! Eu vou continuar isto até que você aprenda! Veja o Dio! Ele respondeu todas as 20 perguntas corretamente!
    —George Joestar à seu filho, Chapter 2: Dio Brando the Invader, Part 1
  • Você se chama de cavalheiro, JoJo!? Onde estão seus modos?!
    —George Joestar, Chapter 2: Dio Brando the Invader, Part 1
  • Desde que Dio apareceu, Eu percebi que estive te mimando! Veja o Dio! Seus modos à mesa são perfeitos!
    —George Joestar, Chapter 2: Dio Brando the Invader, Part 1
  • JoJo, não é tão ruim... morrer nos braços... de seu próprio filho...
    —Últimas palavras de George Joestar, Chapter 12: Youth with Dio, Part 1

Video-Games

Phantom Blood (PS2)

George faz sua primeira aparição em video-games nas várias cutscenes do jogo Phantom Blood de PS2, reprisando seu papel na história original.

All Star Battle (PS3)

George aparece como um personagem Suporte de Campanha aleatório, provindo um aumento significante para o personagem. Caso o personagem perca uma batalha da campanha, ele dá um aumento para garantir uma nota S perfeita em qualquer batalha, mesmo perdendo.

Eyes of Heaven (PS3/PS4)

Semelhante à Ghiaccio em All Star Battle, George guia o jogador pelo Dicionário de JoJo.

JORGE JOESTAR

Dio, George, e Jonathan no 37° Universo
A informação abaixo é derivada de uma fonte que não foi escrita pelo Araki. Como tal, ela pode ou não ser considerada cânon.

Na light novel JORGE JOESTAR, Erina nomeia seu filho em honra à George, mas o escreve da forma espanhola ("Jorge") para que possa chamá-lo de "JoJo".[4] No passado, George costumava ser amigo do avô de Steven, Kenton e Darlington Motorize.[5]

Também há uma interação com George no 37° Universo. Mesmo sendo um inglês, ele é um morador dos Estados Unidos, já que a Inglaterra não existe nesse universo. Ele ainda é um homem rico, sendo dono de uma grande propriedade em 1881, onde ele vive com seu filho Jonathan e seu filho adotivo Dio Brando. Não se sabe se o George desse universo morre antes de seus filhos, pois ambos Jonathan e Dio morrem e um acidente de trem, na tentativa de Jonathan de impedir que Dio roube esse trem.[6]

Galeria

Curiosidades

  • O fato de George confundir Dario como seu salvador se assemelha à uma cena do romance de Victor Hugo Les Misérables, na qual o pai de Marius confunde o estalajadeiro corrupto Thénardiers como seu salvador e manda Marius buscar a ajuda dele no seu leito de morte. George também alega que ele deu seu anel à Dario Brando, que foi preso por roubar dito anel, assemelhando-se ao bispo Myriel alegando a mesma coisa por Jean Valjean, que tentou roubar seus talheres.

Referências

  1. Capítulo 1: Prólogo
  2. Capítulo 2, Dio Brando o Invasor Parte 1
  3. Capítulo 1: Prólogo p. 17
  4. JORGE JOESTAR Chapter 1: Tsukumojuku
  5. JORGE JOESTAR Chapter 7: Airplanes
  6. JORGE JOESTAR Chapter 12: Rhinoceros Beetle


Navegação do Site

Other languages: