Destino

From JoJo's Bizarre Encyclopedia - JoJo Wiki
Jump to navigation Jump to search
"A sequência" - a maravilha da música reside na progressão das cordas. Até Mozart uma vez disse ao Imperador que nem uma nota poderia ser retirada de uma composição. O corpo humano também é feito de uma sequência genética chamada de DNA. E então nós não podemos negar a existência dessa sequência de fatos preestabelecidos que nós chamamos de destino. Mas se tudo é decidido pelo destino, nós tendemos a pensar que os esforços que temos todos os dias são em vão. Mas esse é um dos pontos que eu devo considerar quando eu conto um épico humano. Há uma solução para essa questão?
—Hirohiko Araki, Volume 63


A "Roda do Destino" como retratada no GW Episódio 20.

Destino (運命 Unmei) é o conceito de um curso predeterminado de eventos e possui um papel importante em JoJo's Bizarre Adventure. Ele pode ser concebido como um futuro predeterminado, seja em geral ou o de um indivíduo.

Sumário

O destino é evidenciado durante a obra com eventos que são predeterminados a acontecerem. Muitos exemplos menos conhecidos estão presentes em todo lugar. Mais notavelmente o Stand Tohth, que permite seu usuário ver pequenos exemplos de coisas destinadas a acontecerem no futuro próximo. Como o usuário do Tohth, Boingo explica várias vezes, o que quer que seja previsto no livro irá acontecer e não pode ser mudado. O jeito que ocorrerá pode mudar, dependendo dos eventos que transpiraram anteriormente, mas o resultado sempre será o mesmo.

Outros personagens na obra, notavelmente Diavolo, se juram ao destino - acreditando que ele guia suas vidas e completamente controla as ações de todos seres vivos. Videntes também possui crédito na obra, já que Wang Chan corretamente profetizou as três pintas na orelha de Dio Brando foram marcadas pelo próprio destino e que ele não morreria um ser humano. Além disso, o mestre do Hamon Tonpetty podia através de certos meios prever o futuro daqueles cujas mãos ele tocou. A profesia de Tonpetty sobre a morte de Will Anthonio Zeppeli nas mãos de Tarkus, décadas antes de acontecer também se provou ser absolutamente correta; entretanto, também foi previsto que Zeppeli poderia escapar de seu destino caso ele houvesse decidido abandonar sua jornada pela máscara de pedra. E também, na profesia da Pedra Vermelha de Aja, foi dito que a pedra seria instrumental para parar os Homens do Pilar assim como criar o ser perfeito. Isso se provaria correto, já que Joseph Joestar mais tarde usaria a pedra para refletir o ataque de Hamon causado pelo Kars, que selaria seu destino.

Também há um fato fundamental de que todos usuários de Stand, não importa o quão poderosos ou fracos, são destinados a encontrar um ao outro.

Destino Verdadeiro

Você não entende? Você perdeu pro destino! Andar no caminho da justiça é o verdadeiro destino!
—Emporio Alnino a Enrico Pucci, SO Chapter 158: What a Wonderful World

Um conceito recorrente na obra é a crença de que o destino tem a habilidade de julgar, e agir no favor da justiça, e que os padrões morais inerentes superam qualquer outra forma de destino. Enquanto matando Enrico Pucci, Emporio Alnino argumenta contra a ideologia fatalista do padre, usando o termo “verdadeiro destino” para descrever “andar no caminho da justiça.” [1] Pontos de vista similares são expostos por Hayato Kawajiri, que diz para Yoshikage Kira que qualquer sorte ou destino em seu lado seria sobreposto pelos espírito justiceiros daqueles que o opõem,[2] e por Giorno Giovanna, que fala que ações de justas vem da realidade, e que a vontade por trás dessas ações sobreviverá.[3] O Stand auto-consciente de Giorno, Gold Experience Requiem, conta ao seu adversário Diavolo que embora suas visões do Giorno sendo morto com seu próprio Stand é uma premonição precisa da realidade, a realidade nunca será realizada devido ao poder do Requiem,[4] reforçando o conceito de que formas inferiores do destino são substituídas pela preferência do destino por ações justas sobre as más.

Exemplos Notáveis

O Stand, Tohth prevê a morte de Jotaro Kujo
  • As três marcas de nascença de Dio Brando em sua orelha, significando seu destino como um conquistador e governador de homens.
  • Speedwagon menciona que Jonathan e Erina podem ter sido destinados a se conhecer e amar um ao outro.
  • A Família Zeppei, destinada a ajudar a Família Joestar e morrer por eles (com algumas exceções).
  • O "Destino dos Joestar"- descendentes de Jonathan Joestar estão destinados a encarar Dio e seus capangas.[5]
  • A profesia da morte de Will A. Zeppeli.
  • A profesia de que a Pedra Vermelha de Aja seria crucial para a ascensão e fim dos Homens do Pilar.
  • Todos usuários de Stand são ligados um ao outro, sendo destinados a se encontrarem.
  • A habilidade primária do Tohth de aleatoriamente prever o destino de outras pessoas.
  • A habilidade do Epitaph de prever dez segundos no futuro.
  • A habilidade do Rolling Stones alimentada pelo próprio destino de perseguir um alvo que foi destino a morrer.
  • o efeito colateral do Cinderella de ser capaz de aumentar a "sorte" de uma pessoa, que é geralmente um efeito do próprio destino.
  • A habilidade do Bites the Dust de reciclar o mesmo dia infinitamente até a pessoa que descobriu os segredos de Yoshikage Kira também for descoberta. Eventos que aconteceram no tempo antes do loop temporal ativar acontecem novamente, mas normalmente de forma diferente se uma tentativa de alterá-la ocorreu. Mais notavelmente, a pessoa que descobriu os segredos de Kira é destinada a morrer na mesma forma exata todo dia até que o próprio Kira a reverta antes que ela seja destinada a acontecer, de um jeito ou de outro.
  • A ideia de "gravidade" de DIO que designa o encontro fatídico que ele teve com seu amigo Enrico Pucci. É através dessa mesma gravidade que usuários de Stand se encontram e que Pucci conhece os filhos de DIO.
  • O objetivo de DIO e por sucessão, de Enrico Pucci, de obter um mundo perfeito onde a humanidade já sabe de seus destinos. Isso é mais tarde usado em efeito pelo Stand Made in Heaven, que faz com que o universo chegue em um "ponto de desaparecimento" e então, um universo novo é criado, onde tudo se repete, de acordo com o "destino".

Curiosidades

  • Os temas de JoJo's Bizarre Adventure questionam a ideia de tal força, como o Destino, pairando sobre a humanidade. O próprio Araki cria vários personagens em contraste a isso, mostrando o potencial ilimitado dos humanos.

Referências

Navegação do Site

Other languages: