Giro

From JoJo's Bizarre Encyclopedia - JoJo Wiki
< Spin(Redirected from Giro)
Jump to navigation Jump to search

Gire suas unhas na proporção áurea!... então você deverá ter a capacidade de aproveitar o poder do infinito.
—Gyro Zeppeli para Johnny Joestar, Silent Way, Part 4


O Giro (回転 Kaiten, literalmente "rotação") é um fenômeno sobrenatural dominado por diversos personagens chave em Steel Ball Run e JoJolion.

É um estado de rotação perfeito ou quase perfeito que produz uma forma de energia única que pode ser aplicada em uma infinidade de usos. É possível que o Giro seja uma contraparte ao poder do Hamon apresentado na linha do tempo original.

Sumário

O Giro é um estado de rotação definido por sua proximidade com a perfeição, sendo essa perfeição o Retângulo de Ouro (黄金長方形 Ōgon Chōhōkei), mais especificamente o Espiral Áureo que é derivado do Retângulo, um espiral matematicamente infinito e uma característica que se diz ser onipresente na natureza circundante e, a fortiori, nas obras de arte.[1]

Ao contrário da rotação comum, o Giro é persistente e produz mais energia rotacional[1] do que a necessária para criá-la. Essa energia rotacional é transferida para objetos próximos na forma de vibrações[2] e pode ser utilizada para uma ampla gama de propósitos.

O Giro é uma especialidade do Reino de Nápolis. Por lá, é intensamente usado para medicina ou para batalha. Todos os personagens capazes de executar técnicas avançadas de Giro são napolitanos ou foram ensinados por um napolitano.

Usando o Giro

Gyro explica o Retângulo Áureo para Johnny

Por sua propriedade milagrosa, o Giro tem sido utilizado como uma técnica ao menos desde a Idade Média[3] por alguns escolhidos, do qual inúmeras habilidades especializadas foram derivadas.

Os usuários do Giro normalmente tentam rotacionar os objetos para alcançar o melhor que podem do Retângulo de Ouro, criando uma rotação quase infinita que pode então criar uma quantidade infinita de energia rotacional, antes de atirar esses objetos em um alvo. Para fazer isso, eles aplicam uma pequena força fazendo com que o objeto gire quase perfeitamente, dando-lhe um impulso de energia para iniciar a rotação, e então deixam que a rotação se perpetue. Um conselho dado aos neófitos é visualizar a rotação perfeita e então tentar imitá-la.[4]

O Giro é enganadoramente e relativamente fácil de aprender no básico, já que o novato Johnny Joestar conseguiu produzir um Giro conclusivo com uma rolha dentro de um dia após aprender sobre a existência do poder;[4] no entanto, é extremamente difícil de ser dominado. O Giro deve ser imbuído em um meio que continuará girando e deve ser lançado para que o objeto possa transferir a energia por meio do contato. Assim, um usuário de Giro deve ser capaz de mirar e lançar objetos habilmente afim de esperar um resultado. É preciso também conhecer extremamente bem o corpo humano para explorar ao máximo os efeitos do Giro nas pessoas. Por exemplo, a Família Zeppeli é treinada como cirurgiões para utilizar o Giro em criminosos no corredor da morte,[5] caso contrário, o Giro pode apenas resultar em um simples aumento de energia destrutiva. Outros usuários, como os membros da guarda real de Nápoles, utilizam apenas uma aplicação altamente especializada do Giro no corpo humano.[6]

Ferramentas

Veja também: Bola de Aço, Wrecking Ball e Tusk
Gyro aplica o Giro na água

O Giro pode ser aplicado a uma variedade de objetos. Os exemplos incluem rolhas,[4] balas,[7] água[1] ou, normalmente, qualquer objeto em que haja um eixo em torno do qual o objeto possa rotacionar bem. Tusk é um Stand vinculado ao Giro que se manifesta através das unhas das mãos e dos pés para aplicar a técnica.

Especialistas em Giro como Gyro preferem Bolas de Aço especiais: esferas de aço que possuem características de uma bola de beisebol ou boule, que ele mostra ser algo próximo da ferramenta perfeita para aplicar e manter o Giro. Enquanto a Família Zeppeli se utiliza de uma versão ranhurada para fidelidade máxima ao Retângulo de Ouro, outros como Wekapipo utilizam esferas especiais embutidas com satélites menores para espalhar sua zona de ataque. Objetos que não possuem formato esférico perfeito não produzem um Giro perfeito e, portanto, são inferiores em comparação com as Bolas de Aço.[1]

O Stand Tusk, de Johnny Joestar, desenvolvido com a orientação de Gyro, permite que Johnny rotacione suas unhas das mãos e dos pés[8] para agir como balas. Ao contrário das Bolas de Aço, as unhas possuem mais propriedades metafísicas.

Giro Áureo

Veja também: Tusk ACT2 & ACT3
Espiral áureo

O Giro Áureo (黄金の回転 Ōgon no Kaiten, literalmente "rotação de ouro")[1][9][10] é um estado de rotação superior que somente os mestres do Giro podem utilizar. Para usar o Giro Áureo, deve-se aproximar do Retângulo de Ouro, um retângulo com proporções iguais à proporção áurea (aproximadamente 16:9) que, quando dividido recursivamente em um quadrado e em outro retângulo de ouro, traça o caminho da Espiral Áurea; uma espiral auto-semelhante e, portanto, infinita. Usado como escala, o Retângulo de Ouro permite a criação de uma rotação perfeita e, portanto, de uma quantidade infinita de energia. O Retângulo de Ouro é realmente observável na natureza, desde as asas de uma borboleta até a forma de uma árvore e flocos de neve e, por extensão, em obras de arte.

A fivela do cinto de Gyro possui um notório formato nas proporções do retângulo de ouro e pode ser usada como modelo. A Família Zeppeli utiliza regularmente o Giro Áureo graças aos seus conhecimentos da proporção áurea. Gyro então ensinou a Johnny como utilizar o Giro Áureo, permitindo que o último alcance formas maiores de seu Stand.

Pode-se evitar que usuários de Giro executem o Giro Áureo escolhendo o campo de batalha correto, um que seja desprovido de vida, de forma que não haja nada que um usuário de Giro possa observar para discernir um retângulo de ouro. Por exemplo, Wekapipo e Magent Magent emboscam Gyro e Johnny no meio de um estreito congelado.[6]

Giro Áureo a Cavalo

Veja também: Ball Breaker e Tusk ACT4
Gyro realizando o Giro Áureo à cavalo

Existe uma versão superior do Giro Áureo que envolve andar a cavalo. Esse "Giro utilizando um cavalo" (馬を使った回転) representa a emulação mais fiel e humanamente possível da proporção áurea.

Desenvolvidos na Idade Média para contornar o escudo e a armadura dos cavaleiros montados, os estribos foram inventados para controlar a força de um cavalo em corrida. O cavaleiro deve deixar o cavalo correr com a força do Retângulo de Ouro, o que significa que ele deve galopar em sua velocidade mais natural. Nesse ritmo perfeito, o cavalo cria espontaneamente a energia do Giro; pode então ser aproveitado através dos estribos e passado através do corpo, no braço e nos punhos para fortalecer ainda mais o lançamento da Bola de Aço. Assim, uma rotação verdadeiramente perfeita que emite uma quantidade infinita de energia é criada.[3][11][12] O Giro Áureo está associado ao poder de produzir gravidade, a única força supostamente capaz de viajar entre as dimensões.[9]

Desbloquear o Giro Áureo a cavalo concede o domínio sobre uma quantidade infinita de energia, portanto, diversos feitos milagrosos se tornam possíveis. Em primeiro lugar, seu portador desenvolve espontaneamente um Stand ou o evolui, caso já possua um. Gyro manifesta o Stand Ball Breaker,[13] enquanto Johnny desenvolve a evolução final de Tusk: Tusk ACT4.[14]

O Ball Breaker de Gyro e o Tusk ACT4 de Johnny parecem representar a força infinita do Giro Áureo, que supera muitos poderes. Ambos são notoriamente capazes de contornar as barreiras interdimensionais de D4C Love Train, que escondem e protegem Funny Valentine e seu Stand Dirty Deeds Done Dirt Cheap,[13][15] e é mostrado que Tusk ACT4 é resistente, até certo ponto, à habilidade de parar o tempo de THE WORLD.[16]

Embora seja todo-poderoso, o Giro Áureo a cavalo é extremamente complicado de se alcançar. Não se deve apenas ter um cavalo saudável, mas também ter a expertise para sentir quando ele corre em seu ritmo natural, além da necessidade de ser proficiente no Giro e possuir um projétil que possa ser impregnado com o Giro Áureo. Uma esfera imperfeita arremessada resultará em falha[17] e qualquer interferência durante a montagem do cavalo, como colidir com um obstáculo[12] ou o ter o cavalo atacado, interromperá completamente o processo.[14] Durante os eventos de Steel Ball Run, apenas duas pessoas na Terra puderam reproduzir o Giro Áureo a cavalo. Existe uma solução alternativa para alcançar essa técnica. Johnny utiliza uma Bola de Aço na perna de seu cavalo, fazendo com que ele o chute com a energia do Giro Áureo. Johnny é assim imbuído com a energia do Giro Áureo ao mesmo tempo que rotaciona sua unha, reproduzindo o mesmo Giro infinito que teria se estivesse montado em seu cavalo.[14]

Efeitos e Usos

Objetos imbuídos com o Giro têm uma variedade de efeitos em humanos, animais ou no meio ambiente. No entanto, a energia do Giro se dissipa no ambiente, exigindo contato direto ou pelo menos proximidade de uma fonte de energia rotacional para ser afetada por ela.

O Giro é utilizado para uma ampla gama de propósitos destrutivos, defensivos, médicos e utilitários, dependendo da ferramenta disponível.

Uso Geral

Gyro lança uma Bola de Aço em Diego Brando
  • O Giro aumenta naturalmente o poder destrutivo de um projétil e, portanto, pode ser lançado para simplesmente infligir danos. Uma Bola de Aço imbuída com o Giro pode destruir grandes pedaços de rochas.[18] Os satélites de Wekapipo também são impulsionados com a mesma força das balas, podendo arrancar a mão de Gyro.
  • O Giro pode afetar o corpo para endurecê-lo e permiti-lo transmitir energia facilmente para outro lugar, garantindo uma robustez sobrenatural, mas temporária. Isso permitiu que Gyro se tornasse à prova de balas[19] e resistisse à explosão de uma das bombas de Boku no Rhythm wo Kiitekure, apenas ferindo sua perna,[20] e também permitiu Wekapipo redirecionar a energia de uma Bola de Aço.[21]
  • O Giro é parcialmente utilizado para assumir o controle dos projéteis aos quais está imbuído. Graças a este fenômeno, os usuários do Giro têm controle sobre como seus projéteis reagem e podem mirar melhor, também trazendo os projéteis de volta para suas mãos para não desperdiçá-los.
  • Objetos imbuídos de Giro podem ser utilizados para reforçar o Giro de outros projéteis, por exemplo, aumentando o alcance efetivo das Bola de Aço.[22]
  • Objetos giratórios possuem uma alta velocidade de rotação e, portanto, podem criar uma grande quantidade de atrito. Assim, eles podem manter objetos no lugar como uma capa para funcionar como uma vela[23] ou desvendar objetos como a casca de uma árvore.[24] As Bolas de Aço, em particular, são mostradas criando cordas improvisadas[25] e até mesmo entalhando em metal para criar balas.[26]

Bolas de Aço de Zeppeli

O Giro foi estudado por muito tempo como um corretivo anatômico humano e tratamento médico pela Família Zeppeli, médicos renomados em toda a Itália, mas também executores reais do Rei de Nápoles. Eles empregam uma forma generalista de Giro com Bolas de Aço atiradas em alvos, concedendo-lhes uma ampla gama de usos, embora suas carreiras os orientem a afetar o corpo humano.

Gyro utiliza o Giro para fazer uma paciente se parecer idosa
  • O primeiro e mais notório uso direto do Giro é para acionar reflexos musculares. Por exemplo, as pernas coxas de Johnny levantaram-se de repente quando ele tocou uma Bola de Aço giratória.[27] Ele permite, entre outros, controlar os movimentos dos inimigos até certo ponto, por exemplo, imobilizar um ladrão[28] e fazê-lo atirar em si mesmo,[27] bem como desencadear um violento coice de cavalo.[14][29]
  • As vibrações das Bolas de Aço podem ser utilizadas para visualizar e afetar objetos remotamente, por exemplo, detectar obstáculos ocultos[2] ou, de uma forma mais mesquinha, fazer rolhas de garrafa estourarem.[30]
  • Para realizar uma morte limpa, certeira e indolor, os executores reais de Nápoles utilizam a Bola de Aço para imobilizar aqueles que estão para ser executados e decapitá-los rapidamente. Neste uso específico, a Bola de Aço é aplicada na nuca.[31]
  • O Giro pode até mesmo achatar os membros e o corpo para que o alvo possa se torcer em espaços estreitos.[32]
  • Em uma certa ocasião, Gyro aplica o Giro em si mesmo para torcer a água de seu corpo.[33]
  • As Bolas de Aço de Zeppeli também podem afetar a pele e fortalecer a aparência para tornar o alvo enrugado e desnutrido ou, inversamente, embelezar a pele de alguém e realçar sua silhueta.[34]
  • Elas também podem raspar o cabelo de alguém.[34]
  • Gyro pode torcer plantas para se desviá-las de seu caminho.[35]
  • Gyro pode rotacionar a própria água para criar uma esfera improvisada e desviar de ataques.[1]
  • Ao rotacionar duas Bolas de Aço próximas uma da outra, Gyro pode modificar a densidade do ar para refletir a luz e criar miragens, enganando os inimigos e fazendo com que os ataques se destruam.[36]

Curiosamente, as pessoas não conseguem sentir sempre que são afetadas pelas Bolas de Aço. Johnny segurava uma rolha ainda rotacionando em sua mão sem perceber,[30] e durante seu confronto final, Gyro foi capaz de acertar Valentine diversas vezes com o Giro Áureo e esconder seus efeitos, incluindo o arrancamento de uma orelha.[9][11] Os alvos do Giro normalmente só o notam através da visualização do corpo se torcendo ou das consequências indiretas do Giro. Gyro explica isso como a Bola de Aço entorpecendo os sentidos da pele e, assim, impedindo o corpo de perceber o estímulo.

Tusk de Johnny

Veja Tusk para um uso mais preciso das unhas de Johnny.

As unhas de Johnny rotacionam devido ao Giro

Johnny Joestar utiliza o poder do Giro para gerar seu próprio Stand, Tusk. Seu meio para o Giro são suas próprias unhas das mãos e dos pés, utilizando-as como projéteis. Quase totalmente ofensivas por natureza, as "balas de unhas" de Johnny são vistas como uma versão puramente armada do Giro. Fora da batalha, as unhas giratórias também podem ser usadas para comer e escovar os dentes de Johnny.[34]

À medida que Johnny desenvolve o poder de seu Stand, ele também desenvolve aplicações mais avançadas do Giro e de suas balas de unhas dentro do contexto de combate. Mais tarde, Johnny desbloqueia Tusk ACT4, que utiliza a energia infinita e a rotação do Giro Áureo, que se mostra útil durante sua batalha contra Funny Valentine e o Diego Brando alternativo.

Wrecking Ball da Guarda Real Napolitana

Os guardas reais de Nápoles utilizam uma versão altamente especializada e agressiva do Giro, utilizando Wrecking Balls em vez de bolas esféricas simples.

  • As esferas menores embutidas na Wrecking Ball agem como projéteis extras que podem saltar repentinamente da esfera principal e podem atacar vários alvos com precisão e de ângulos inesperados.[37]
  • Além disso, mesmo que os satélites errem o alvo, a onda de choque que eles criam em sua passagem causa negligência unilateral, incapacitando os oponentes em batalha[6] e permitindo que Wekapipo ou aliados se escondam do inimigo.

Soft & Wet de Josuke Higashikata

Veja Soft & Wet para mais informações sobre as bolhas de Josuke.

As bolhas criadas pelo Stand de Josuke Higashikata, Soft & Wet, são na verdade linhas macias e finas que rotacionam em velocidades extremas utilizando o Giro, dando a aparência de esferas. A rotação dessas linhas foram descritas por Rai Mamezuku como um "Giro Explosivo" (爆発的な回転 lit. "Rotação Explosiva"). Essas bolhas podem ser utilizadas para "furtar" propriedades de objetos e organismos vivos e usá-las de forma ofensiva e defensiva. As bolhas também podem ser utilizadas como armas pois podem gerar pequenas explosões quando estouradas, como resultado da fusão entre Soft & Wet e Killer Queen de Yoshikage Kira. A correlação entre o Giro em si e a capacidade de furto de Soft & Wet não foi totalmente explicada.

Após aplicar o Giro em uma de suas bolhas, Josuke inconscientemente utiliza uma habilidade que mais tarde seria chamada de Soft & Wet: Go Beyond

Soft & Wet: Go Beyond

Depois de aprender sobre a mecânica por trás da habilidade de seu Stand, Josuke foi capaz de aplicar o Giro de forma mais incisiva, fazendo suas bolhas girarem em velocidades extremamente altas e usando-as como projéteis de maneira semelhante às "balas de unhas" de Johnny Joestar. Porém, ao demonstrar essa técnica, Josuke descobriu uma segunda aplicação do Giro: a capacidade de criar bolhas invisíveis e incontroláveis, que são capazes de passar por qualquer barreira e operar fora da lógica do mundo físico. Devido à finura das linhas de Soft & Wet (que foram descritas como sendo "infinitamente próximas à zero") e a imensa velocidade com que essas bolhas invisíveis giram, elas foram descritas como bolhas que "não existem neste mundo". Depois de aprender a produzir essas bolhas "inexistentes" conscientemente, Josuke apelidou sua nova técnica de Soft & Wet: Go Beyond (S&W 越えて行く Sofuto Ando Wetto Gō Biyondo).

Ao atingir um inimigo, Go Beyond inflige ferimentos devastadores, erodindo instantaneamente onde quer que o contato seja feito, antes de explodir com uma força suficiente para lançar um adulto a vários pés pelos ares.[38] Atualmente, Josuke não consegue mirar seu Go Beyond sem ajuda. A única solução conhecida para essa limitação requer que ele execute um ataque combinado com Yasuho Hirose, onde a última utiliza seu próprio Stand baseado em tecnologia para guiar a bolha de Josuke através do vínculo entre dois celulares nas mãos dos usuários.

Usuários

Usuários de Giro através do treinamento clássico
Outros Usuários de Giro

Galeria

Referências

  1. 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 SBR Chapter 43: Silent Way, Part 4
  2. 2.0 2.1 SBR Chapter 5: First Stage: 15,000 Meters
  3. 3.0 3.1 SBR Chapter 72: Ticket to Ride, Part 2
  4. 4.0 4.1 4.2 SBR Chapter 15: The Desert Born Outlaws, Part 1
  5. SBR Chapter 20: Gyro Zeppeli's Mission, Part 1
  6. 6.0 6.1 6.2 SBR Chapter 52: Wrecking Ball, Part 2
  7. SBR Chapter 53: Wrecking Ball, Part 3
  8. SBR Chapter 27: Tusk, Part 3
  9. 9.0 9.1 9.2 SBR Chapter 81: D4C, Part 14 -Love Train-
  10. JOJOVELLER: STANDS, p.256
  11. 11.0 11.1 SBR Chapter 79: D4C, Part 12 -Love Train-
  12. 12.0 12.1 SBR Chapter 80: D4C, Part 13 -Love Train-
  13. 13.0 13.1 SBR Chapter 83: Ball Breaker, Part 1
  14. 14.0 14.1 14.2 14.3 SBR Chapter 85: Ball Breaker, Part 3
  15. SBR Chapter 86: Ball Breaker, Part 4
  16. SBR Chapter 92: High Voltage, Part 3
  17. SBR Chapter 84: Ball Breaker, Part 2
  18. SBR Chapter 9: Long, Long Downhill
  19. SBR Chapter 25: Tusk, Part 1
  20. SBR Chapter 22: The Terrorist from a Faraway Country, Part 1
  21. SBR Chapter 54: Wrecking Ball, Part 4
  22. SBR Chapter 23: The Terrorist from a Faraway Country, Part 2
  23. SBR Chapter 11: The Final Stretch: 1,000 Meters Left
  24. SBR Chapter 30: Scary Monsters, Part 3
  25. SBR Chapter 55: The Victor's Rights
  26. SBR Chapter 44: Silent Way, Part 5
  27. 27.0 27.1 SBR Chapter 2: Gyro Zeppeli
  28. SBR Chapter 1: The Steel Ball Run Press Conference
  29. SBR Chapter 6: The Dried-Up River; Diego Brando
  30. 30.0 30.1 SBR Chapter 12: First Stage: Disqualified from Victory
  31. SBR Chapter 21: Gyro Zeppeli's Mission, Part 2
  32. SBR Chapter 29: Scary Monsters, Part 2
  33. SBR Chapter 32: Third Stage: Cannon City
  34. 34.0 34.1 34.2 SBR Chapter 45: The Land of Promises: Sugar Mountain, Part 1
  35. SBR Chapter 8: Crossing the Forest
  36. SBR Chapter 66: D4C, Part 1
  37. SBR Chapter 51: Wrecking Ball, Part 1
  38. JJL Chapter 106: Go Beyond - Tooru é lançado no ar e para trás na garagem Higashikata, respectivamente, por dois ataques de Go Beyond.

Navegação do Site

Other languages: